Mundo

Menino mata irmã com tiro na cabeça após discussão por videogame nos EUA

Polícia não sabe dizer como criança conseguiu arma

Joaquim Padilha Publicado em 19/03/2018, às 15h57

None

Polícia não sabe dizer como criança conseguiu arma

Uma menina de 13 anos de idade foi morta na cidade de Memphis, nos Estados Unidos, após levar um tiro na cabeça de seu irmão de 9 anos de idade, após os dois discutirem por causa de um videogame.

A menor Dijonae White morreu no Hospital Le Bonheur para Crianças de Memphis, no Tenesse, na noite do domingo (18), após ter sido baleada pelo irmão, segundo informações do jornal The Sun.

Informações policiais dão conta de que o menino pegou uma pistola de calibre .25, na tarde deste sábado (17), após ter discutido com a irmã porque ela não queria dar o controle do videogame para ele.Menino mata irmã com tiro na cabeça após discussão por videogame nos EUA

Ele atirou contra a parte de trás da cabeça de Dijonae, causando “ferimentos catastróficos”. A Polícia de Memphis diz que não está claro até o momento como o garoto conseguiu a arma.

Também não se sabe quais serão as penalidades a serem atribuídas ao menino. “Ele tem apenas nove anos”, disse o xerife de Memphis, Cecil Cantrell. “Acredito que ele tenha visto isso em videogames ou na TV”, afirma.

A mãe das crianças estava em outro quarto amamentando seu bebê menor quando a fatalidade aconteceu. Após o ocorrido, Chalandra White publicou uma foto de sua filha, causando comoção na internet e novas discussões sobre a restrição da venda de armas nos EUA.

Jornal Midiamax