Mundo

Ex-modelo da Playboy revela ter sido amante de Trump por dez meses

Karen McDougal foi à Justiça para poder falar de caso

Joaquim Padilha Publicado em 23/03/2018, às 14h05

None

Karen McDougal foi à Justiça para poder falar de caso

A ex-modelo da Playboy, Karen McDougal, quebrou o silêncio e confirmou à imprensa estadunidense, em entrevista à CNN nesta quinta-feira (22), que manteve um relacionamento com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Os dois mantiveram a relação em segredo durante dez meses, entre 2006 e 2007, segundo Karen. Na época, Trump já era casado com a primeira-dama Melania Trump.

De acordo com a ex-modelo, os dois tiveram uma relação consensual, com “muito sentimento” entre ambos, e se viam pelo menos cinco vezes ao mês. Ela disse que teve relações sexuais com Trump, que quis pagar pelo sexo, mas não aceitou.Ex-modelo da Playboy revela ter sido amante de Trump por dez meses

Karen disse não ter se arrependido de ter sido amante do presidente, mas pediu desculpas à primeira-dama. “O que posso dizer, a não ser ‘me desculpe’? Não gostaria que isso fosse comigo”, declarou à imprensa.

A ex-modelo entrou nesta semana com uma ação na Justiça para se livrar de um acordo que a obriga a ficar em silêncio sobre o relacionamento extraconjugal com Trump. É a primeira vez que ela se manifesta publicamente sobre o caso.

Jornal Midiamax