Mundo

“Suécia foi atacada”, afirma primeiro-ministro sobre incidente em Estocolmo

Caminhão atingiu multidão no centro de Estocolmo

Henrique Kawaminami Publicado em 07/04/2017, às 13h58

None
Foto: Agency/Andreas Schyman/ Reuters

Caminhão atingiu multidão no centro de Estocolmo

O primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven, disse que o país foi atacado e que tudo indica que o caminhão que atingiu uma multidão no centro de Estocolmo na sexta-feira (7) foi um ato de terrorismo, informou a agência TT. A polícia sueca disse que foram confirmadas as mortes de três pessoas, informou a agência de notícias.

"A Suécia foi atacada. Tudo aponta para um atentado terrorista", afirmou Stefan Löfven.

Löfven disse também que uma pessoa foi presa, mas a polícia não confirmou a informação.

A polícia recebeu informação, ainda não confirmada, de que tiros teriam sido disparados.

Pouco depois do atropelamento, foi ordenada a evacuação da estação central de Estocolmo, diz a TT.

O incidente ocorreu perto de grandes lojas, no cruzamento da rua peatonal mais frequentada da capital e uma das principais artérias da cidade, a Drottningatan.

Em seu Twitter, a polícia afirmou que não tem detalhes sobre o número de feridos e o estado de saúde deles.

 Per Haljestam/Reuters

Jornal Midiamax