Mundo

Robert Mugabe renuncia à presidência do Zimbábue após 37 anos no poder

Deputados comemoraram renúncia

Aliny Mary Dias Publicado em 21/11/2017, às 17h59

None

Deputados comemoraram renúncia

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, renunciou nesta terça-feira (21), indicou o presidente do Parlamento do país, Jacob Mudenda. Em sua carta de renúncia, segundo a agência Reuters, Mugabe, que ficou no poder por 37 anos, disse que a sua decisão é voluntária. Com a notícia, pessoas foram às ruas do país para comemorar.

“Eu, Robert Gabriel Mugabe, entrego formalmente minha renúncia como presidente do Zimbábue com efeito imediato. Eu renunciei para fazer uma transferência de poder tranquila”, afirmou o presidente de 93 anos na carta.

A renúncia foi amplamente comemorada no Parlamento. O anúncio também foi imediatamente comemorado por um ensurdecedor concerto de buzinas na capital Harare. Alguns manifestantes já estavam na rua, pedindo a saída de Mugabe em frente ao Parlamento, que discutia o processo de impeachment. Também houve celebração no centro de Johannerburgo, na África do Sul.

Nesta segunda-feira (20), expirou o prazo dado pelo seu partido, a União Nacional Africana do Zimbábue – Frente Patriótica (Zanu-PF, na sigla em inglês), para que ele renunciasse e os parlamentares iniciaram o processo.

Jornal Midiamax