Mundo

Igreja metodista no Paquistão é atacada, 9 morrem e 30 pessoas ficam feridas

Tiroteios e explosões foram registrados

Daiane Libero Publicado em 17/12/2017, às 11h30

None

Tiroteios e explosões foram registrados

Pelo menos nove pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas em um ataque hoje (17) a uma igreja metodista na cidade de Quetta, no oeste do Paquistão. Houve várias explosões e um tiroteio entre os agressores e a polícia.

O ataque contra a igreja metodista Bethel Memorial na praça Imdad de Quetta, onde estavam cerca de 400 pessoas, começou às 6h10 (horário de Brasília), quando um terrorista suicida detonou os explosivos que carregava na entrada do templo, afirmou à Agência EFE um porta-voz da polícia local, Muhammed Ramzan.

Outro agressor, que não conseguiu ativar o dispositivo para detonar seu colete com bombas, morreu em um tiroteio com a polícia no interior da igreja, enquanto outros dois fugiram, explicou o porta-voz policial.

Dois fugitivos

“A polícia está procurando esses dois que fugiram”, informou Ramzan, que apontou que a resposta das forças de segurança foi imediata, o que evitou que o número de vítimas fosse maior.

Igreja metodista no Paquistão é atacada, 9 morrem e 30 pessoas ficam feridas

O supervisor do Hospital Civil de Quetta, Hidayat Ullah, elevou o total de feridos para 30 e explicou que entre eles há mulheres e crianças.

O governo do Baluchistão declarou estado de emergência nos hospitais de Quetta e solicitou que todo o pessoal médico esteja disponível e as instalações preparadas para receber os possíveis feridos.

Quetta é uma das localidades mais conflituosas do Paquistão, com a presença de grupos armados separatistas, facções talibãs e grupos jihadistas.

Jornal Midiamax