Mundo

Atiradores invadem igreja católica na Nigéria e matam 35 pessoas

Atiradores estavam envolvido com o tráfico, diz polícia

Joaquim Padilha Publicado em 07/08/2017, às 14h13

None

Atiradores estavam envolvido com o tráfico, diz polícia

Homens armados invadiram neste domingo (6) a igreja católica de St. Philip, no Estado de Anambra, na Nigeria, e deixaram cerca de 35 pessoas mortas, além de dezenas de feridos, segundo agências internacionais.  

Os atiradores chegaram na igreja com uma Lexus SUV, enquanto um deles entrou no prédio e atirou a queima-roupa contra um idoso, identificado como Pa Ikegwuonu, enquanto os outros ficaram dentro do carro.

Uma testemunha contou ao jornal Vanguard que depois de matar o senhor, o atirador abriu fogo contra outros religiosos, que foram atingidos por disparos dos outros atiradores quando tentaram fugir para fora da igreja.Atiradores invadem igreja católica na Nigéria e matam 35 pessoas

O governador do Estado de Anambra, Willie Obiano, afirmou que “barões do tráfico” são os principais suspeitos de terem cometido o ataque, que descreveu como um “sacrilégio”, pouco após visitar a igreja de St. Philip. 

O governador também visitou o Hospital Univseritário de Nnamdi Azikiwe, onde familiares e pessoas feridas foram levados para tratar ferimentos graves.

Jornal Midiamax