Mundo

OMS confirma relação entre zika e microcefalia

Entidade diz não haver mais qualquer dúvida

Norberto Liberator Publicado em 14/04/2016, às 10h55

None
zika.jpg

Entidade diz não haver mais qualquer dúvida

A OMS (Organização Mundial da Saúde) confirmou na última quarta-feira (13) e reafirmou nesta quinta-feira (14) que não há mais dúvida quanto à relação entre zika vírus e microcefalia.

A informação foi divulgada pelo CDC (Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos), que declarou que “estudos publicados nesta semana marcam um ponto de virada na epidemia de zika”. O diretor do CDC, Tom Frieden, disse em comunicado à imprensa que “agora está claro que o vírus causa microcefalia”.

Em nota à imprensa, a OMS afirma que não descarta a possibilidade de que "outros fatores possam se combinar com o vírus do zika para causar as desordens neurológicas", mas que serão necessários mais estudos para confirmar a hipótese.

Na nota, a entidade ainda indicou que acompanha de perto cada estudo a respeito do vírus, para poder comunicar qualquer tipo de “mudança na direção das evidências". Até março, a comunidade científica considerava a relação entre a microcefalia e o vírus uma 'evidência'; a partir de agora, passa a ser considerada um 'consenso'.

Jornal Midiamax