Mundo

Pesquisadores do MIT criam app que promete salvar vidas em emergências

O aplicativo de emergências chama-se One-Touch-911

Gerciane Alves Publicado em 02/04/2015, às 21h09

None
mit.jpg

O aplicativo de emergências chama-se One-Touch-911

Pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), nos Estados Unidos, desenvolveram um aplicativo de emergências chamado One-Touch-911. Com um único toque, possibilita a conexão com a polícia, bombeiros ou equipes de resgate. E o melhor: funciona mesmo quando o smartphone não tiver sinal.

A página principal do app é composta por quatro botões, cada um deles destinado a uma emergência. Além de ocorrências policiais e de fogo, segundo o tabloide britânico “DailyMail”, os usuários podem comunicar acidentes de carros e solicitar ajudas médicas.

Ao acionar qualquer uma das emergências, o aplicativo vai emitir uma chamada padrão para a unidade mais próxima. As conexões, segundo os pesquisadores, são feitas com base no localizador GPS do smartphone. Informações do usuário –incluindo dados médicos– também são enviadas em anexo para agilizar o atendimento.

A maior parte das informações é enviada à unidade de atendimento automaticamente. O usuário, no entanto, tem a opção de enviar ainda fotos ou vídeos referentes à ocorrência.

Caso o usuário não tenha sinal em sua rede, o One-Touch-911 permite a conexão com outra rede disponível para concretizar a chamada. Esse recurso já está incorporado na maioria dos smartphones.

Além de chamar por socorro, os usuários pode emitir alertar simultaneamente a vários amigos e familiares de sua emergência. O app pode ainda ser utilizado como botão de pânico, que podem ser ativados em torno de uma casa, uma escola ou um escritório, e, quando necessário, acionado via Bluetooth.

O aplicativo está disponível em mais 135 países –incluindo o Brasil– e compatível, portanto, com qualquer número de três dígitos de emergências nestas regiões. Pode ser uma boa para turistas, já que não exige que o usuário fale a língua do país em que estiver.

RapidSOS vai começar a testar o software no Texas (EUA) no próximo mês e lançou um campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter. “Passamos dois anos trabalhando com mais de 100 centros de expedição a nível mundial para desenvolver RapidSOS One-Touch-911”, disse a empresa.

“Esta premiada tecnologia é o sistema mais eficiente e eficaz para a comunicação durante uma emergência com risco de vida. Tramite dados a partir de telefone diretamente para socorristas em questão de segundos.”

Jornal Midiamax