Mundo

Execução de brasileiro deve ocorrer entre 15h e 16h

Confirmação oficial da execução, segundo o Itamaraty, deve ocorrer ainda neste sábado

Clayton Neves Publicado em 17/01/2015, às 16h53

None
mundo-indonesia-execucoes-brasileiro.jpg

Confirmação oficial da execução, segundo o Itamaraty, deve ocorrer ainda neste sábado

O Itamaraty informou neste sábado (17), em nota, que a execução do brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, deverá ocorrer entre 0h e 1h de 18 de janeiro, no horário local (entre 15h e 16h deste sábado, no horário de Brasília). Ele e outros cinco homens foram condenados ao fuzilamento por tráfico de drogas.

Segundo a nota, Marco esteve hoje por cerca de uma hora com o advogado, com uma tia e com funcionários da Embaixada do Brasil em Jacarta.

A confirmação oficial da execução, segundo o Itamaraty, ocorrerá nas primeiras horas da manhã do dia 18, horário da Indonésia, em briefing das autoridades indonésias a advogados e parentes dos sentenciados.

Archer trabalhava como instrutor de voo livre e foi preso em agosto de 2003, quando tentou entrar na Indonésia, pelo aeroporto de Jacarta, com 13,4 quilos de cocaína escondidos em uma asa-delta desmontada em sete bagagens. Ele conseguiu fugir do aeroporto, mas foi localizado, após duas semanas, na ilha de Sumbawa. Archer confessou o crime e disse que recebeu US$ 10 mil para transportar a cocaína de Lima, no Peru, até Jacarta. No ano seguinte, foi condenado à morte.

Ontem, o presidente indonésio, Joko Widodo, negou pedido de clemência feito pela presidenta Dilma Rousseff. O presidente Lula já havia enviado duas cartas pedindo clemência durante seu governo, enquanto Dilma enviou quatro.

Jornal Midiamax