Mundo

Arco do Triunfo projeta frase de solidariedade à revista Charlie Hebdo

A imagem foi replicada várias vezes nas redes sociais com a tag #parisestcharlie

Clayton Neves Publicado em 09/01/2015, às 20h13

None
20150109172850944974e.jpg

A imagem foi replicada várias vezes nas redes sociais com a tag #parisestcharlie

A frase “Paris est charlie” (Paris é Charlie, em tradução livre) pode ser lida nesta sexta-feira (9) no Arco do Triunfo, um dos monumentos mais famosos de Paris. A projeção é uma homenagem aos 12 mortos no atentado terrorista contra a revista Charlie Hebdo. 

O Arco do Triunfo é um dos pontos turísticos mais visitados em Paris. Encomendado por Napoleão Bonaparte, o monumento foi construído em comemoração às vitórias militares do líder, em 1806. Fazem parte do arco o túmulo do soldado desconhecido da Primeira Guerra Mundial, várias esculturas, um museu e o terraço panorâmico com uma vista única da capital. A imagem do arco iluminado com a frase foi replicada nas redes sociais com a tag #parisestcharlie. Nessa quinta-feira (8), a Torre Eiffel apagou as luzes em uma demonstração de luto pelos assassinatos.

Dia do terror
O ataque sanguinário deixou 12 mortos, 11 feridos e causou comoção na França, além de repercussão internacional. Homens entraram armados na redação da revista Charlie Hebdo e atiraram contra jornalistas e chargistas. Dois policiais também morreram durante a fuga dos irmãos Kouachi, responsáveis pelas mortes.

Na tarde desta sexta-feira (9), dois dias após os crimes, os irmãos foram mortos pela polícia francesa durante cerco a uma gráfica onde eles estavam escondidos. A dupla fez uma pessoa refém no local, mas a vítima foi liberada com vida. 

A França elevou ao nível máximo o alerta de segurança a ataques terroristas após o atentado. Este foi o maior ataque no país desde 1961, quando grupos que queriam manter a Argélia francesa bombardearam um comboio em Estrasburgo, causando a morte de 28 pessoas.

Jornal Midiamax