MidiaMAIS / Variedades MidiaMAIS

UBOOK lança documentário sobre os mistérios por trás do sequestro de Patrícia Abravanel

A áudio série documental "Silvio Santos - sequestros, mortes e mistérios" traz informações e depoimento inéditos sobre crime que chocou o País

Nathália Rabelo Publicado em 06/09/2021, às 13h30

None
Foto: Reprodução

Há 20 anos, Silvio Santos foi mantido refém em sua própria casa, após dias antes, sua filha, Patrícia Abravanel, ter sido sequestrada. O crime que chocou o país, porém, possui muitos mistérios e ainda hoje é motivo de controvérsias e suspeitas. Trazendo novos elementos da história, a plataforma de áudio Ubook lançou a nova série documental “Silvio Santos - sequestro, mortes e crimes”. Com produção própria e escrita pelos jornalistas Alexandre Freeland e Leandro Calixto, o documentário é dividido em três episódios que já estão disponíveis na plataforma. 

O polêmico caso teve início no dia 21 de agosto de 2001, quando Patrícia Abravanel, uma das seis filhas de Silvio Santos, estava saindo de casa para ir à faculdade e foi abordada por dois homens que a levaram em seu próprio carro e a mantiveram sequestrada por uma semana. Logo no primeiro episódio da série é possível entender como tudo aconteceu e acompanhar as reviravoltas espantosas, que deixaram o país paralisado diante da TV.

“Após tanto tempo, com este trabalho incrível realizado pelo Alexandre e Leandro, nosso público poderá ouvir como a captura de Patrícia se transformou em uma sequência de crimes e seus desdobramentos, com informações que até hoje nunca foram expostas e que certamente trarão muitas respostas”, comenta Darla Almeida, Gerente de Produção de Conteúdos Originais da Ubook.

A série conta com três episódios: “Topam tudo por dinheiro”, “Show do meio milhão” e “Vamos fechar as portas da esperança”. O enredo relembra ainda o momento em que o apresentador Silvio Santos se tornou refém dentro de sua própria casa, os assassinatos de policiais, fugas espetaculares, a condenação de cinco pessoas e o verdadeiro motivo da morte do mentor intelectual do sequestro, que inicialmente chegou à mídia como intoxicação alimentar, mas que escondia um caso de tortura e negligência no atendimento médico.

“É importante trazer à tona o desfecho do caso, com as condenações, para que não haja a percepção de impunidade nem continuem pairando versões fantasiosas sobre o que aconteceu com o sequestrador Fernando Dutra Pinto”, diz Alexandre Freeland.

A áudio série documental pode ser ouvida na plataforma da Ubook, basta acessar pelo site ou aplicativo (disponível para IOS e Android).

Jornal Midiamax