MidiaMAIS / Teatro

Palco Giratório traz ao Teatro Prosa do Sesc Horto “As Mulheres de Aluá”

Mulheres com histórias marcadas pela violência e pelas dificuldades enfrentadas em um ambiente hostil e opressor do passado na Amazônia. Esse é o enredo do espetáculo “As Mulheres de Aluá”, que o Palco Giratório do Sesc traz ao Teatro Prosa, do Sesc Horto, no dia 02 de agosto, quinta-feira. A apresentação é às 20 horas, […]

Da Redação Publicado em 24/07/2018, às 18h22 - Atualizado em 25/07/2018, às 16h09

None

Mulheres com histórias marcadas pela violência e pelas dificuldades enfrentadas em um ambiente hostil e opressor do passado na Amazônia. Esse é o enredo do espetáculo “As Mulheres de Aluá”, que o Palco Giratório do Sesc traz ao Teatro Prosa, do Sesc Horto, no dia 02 de agosto, quinta-feira. A apresentação é às 20 horas, os ingressos são gratuitos, mas é preciso chegar com antecedência de pelo menos meia hora para retirada, sujeita à lotação do espaço, que é de 236 lugares.

Desenvolvida pelo grupo “O Imaginário”, de Porto Velho – RO, a peça tem como personagens mulheres de diferentes épocas que foram condenadas, num período em que o pensamento-homem é que determinava a condição de cada uma delas. Uma investigação cênica que coloca em foco a relação de gênero e o universo feminino. Quem são essas mulheres?

Oficina – Na sexta-feira, 03 e no sábado, 04, o grupo “O Imaginário” ministra a oficina “Gestão Cultural”, no Sesc Cultura. As atividades serão das 14h às 18 horas e para se inscrever é preciso ter pelo menos 18 anos de idade, cartão Sesc válido e doar 03 litros de Leite Longa Vida, que serão revertidos ao Sesc Mesa Brasil. As vagas são limitadas.

Durante a oficina, serão abordadas as ferramentas para a criação e gestão de um projeto/empresa cultural desenvolvido a partir das ideias e criatividades pessoais desde sua raiz (ideias) até a sua realização. Haverá um passo a passo da construção de um projeto: gestão – ofício – missão – ideias e empresa/instituição.

Sobre o Grupo – O Imaginário foi fundado com o objetivo de pesquisar e investigar as diversas linguagens artísticas. Criado e dirigido pelo Ator e Diretor Chicão Santos, que trouxe para o panorama amazônico um jeito inovador e transgressor de pensar o fazer teatral. Em seus trabalhos sempre busca discutir a relação do público, do teatro e da cidade. Já no seu espaço o TAPIRI investe na qualificação artística e nas trocas em busca de uma biopolítica para a Amazônia.

Serviço – O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. O Teatro Prosa do Sesc Horto está na rua Anhanduí, 200. Acompanhe a programação do Sesc no site sesc.ms


Fale MAIS!

O que você gostaria de ver no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.

Siga a gente no Instagram: @midia_mais_

Jornal Midiamax