MidiaMAIS / Famosos

Sem previsão de alta, Claudia Rodrigues apresenta melhora e deixa UTI

Atriz apresentou piora em seu quadro 2 meses após interromper os medicamentos contra esclerose múltipla para receber a vacina contra Covid

Nathália Rabelo Publicado em 19/07/2021, às 14h00

Claudia Rodrigues
Claudia Rodrigues - Foto: Reprodução

A atriz Claudia Rodrigues apresentou melhora em seu estado clínico e deixou a Unidade de Terapia Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, no último sábado (17).

De acordo com a empresária da atriz, Adriane Bonato, Claudia Rodrigues teve um pré-surto provocado pela falta da medicação que trata a esclerose múltipla.

“Agora, que estamos mais calmos, vou contar o que aconteceu com a Claudia. Ela teve alta da Unidade de Terapia Semi-Intensiva na tarde de sábado e está no quarto. Na sexta feira [16/7], ela não fez a infusão do Ocrevus [remédio que trata a esclerose múltipla] para fazer uma infiltração no braço direito que está muito inflamado por consequência de uma ruptura parcial no tendão“, disse.

Adriane esclareceu que a confusão na relação da vacina contra a Covid-19 e o tratamento da doença autoimune não foi por parte da equipe médica que trata da atriz.

“Quero deixar claro que cada caso é um caso. Além de ter esclerose múltipla há 21 anos, ela é transplantada, tem desautonomia e tem outros problemas de saúde. Não houve imprudência do médico dela, mas, sim, de quem está coordenando a questão das vacinas”, acusou.

Vacina contra Covid-19

Claudia Rodrigues apresentou piora em seu quadro dois meses após interromper os medicamentos contra esclerose múltipla para receber a vacina contra a Covid-19.

Porém, como ela só tomaria a segunda dose do imunizante em 17 de agosto, a atriz poderia voltar a se medicar apenas em dezembro. Segundo a empresária, a situação seria inviável e poderia causar um surto fatal.

A equipe médica optou por antecipar a segunda dose do medicamento, para que ela fique menos tempo sem a medicação.

Claudia ainda não tem previsão de alta do hospital.

Jornal Midiamax