MidiaMAIS / Famosos

Rapper R. Kelly é condenado por abuso e tráfico sexual de mulheres

A sentença do rapper pode variar entre 10 anos a prisão perpétua. A decisão do júri foi unânime

Nathália Rabelo Publicado em 27/09/2021, às 18h15

Rapper R. Kelly
Rapper R. Kelly - Foto: Reprodução

O rapper R. Kelly foi condenado nesta segunda-feira (27/9) por nove crimes, incluindo abuso sexual e tráfico sexual de mulheres e adolescente durante décadas. De acordo com o The New York Post, o júri, composto por sete homens e cinco mulheres, condenou o rapper de forma unânime. A sentença de Kelly pode variar entre 10 anos a prisão perpétua.

O cantor, que já foi um dos mais populares da música nos Estados Unidos, tem audiência de sentença marcada para 4 de maio de 2022. Kelly ainda pode receber mais décadas à sua sentença, caso seja condenado por outras acusações em Chicago.

A acusação aponta que ele usava sua rede de amigos e funcionários para transportar vítimas de abuso por diferentes estados dos Estados Unidos, “controlando suas ações e facilitando o abuso sexual”.

A acusação chamou quase 50 pessoas, que testemunharam que a faceta pública do cantor escondia um predador calculista e controlador. Entre as testemunhas estavam nove mulheres e dois homens que acusaram Kelly de abuso ou outro tipo de má conduta e oito funcionários do cantor.

Já a defesa se concentrou em pequenas mudanças de relatos entre as testemunhas, tentando convencer os jurados de que todas as atividades sexuais entre ele e as vítimas tinham sido consensuais.

Jornal Midiamax