MidiaMAIS / Famosos

Príncipe Harry deverá receber R$ 105 milhões de adiantamento por autobiografia

Segundo o PageSix, o Duque de Sussex publicará a sua obra com a Pengui Random House, mesma editora que publicou as memórias de Barack e Michelle Obama

Nathália Rabelo Publicado em 20/07/2021, às 17h00

Príncipe Harry
Príncipe Harry - Foto: Reprodução

O príncipe Harry deverá receber ao menos US $ 20 milhões - o equivalente a R$ 105 milhões de acordo com a cotação desta segunda-feira (20), de adiantamento por sua autobiografia que será lançada no próximo ano. 

Segundo o PageSix, o Duque de Sussex promoverá a obra com a Penguin Random House, mesma editora que publicou as memórias de Barack e Michelle Obama, que desembolsou o montante para ter os direitos de publicação.

Ainda que Harry tenha dito que doará os lucros da venda do livro para a caridade, ainda não ficou claro se ele ficará com o adiantamento de US $ 20 milhões que a editora realizará. Ainda segundo o PageSix, o co-escritor da autobiografia de Harry, o ghostwriter JR Moehringer, receberá US $ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) como adiantamento pelo trabalho. A famosa Penguin Random House é uma das gigantes do mercado e chegou a vender 725 mil cópias do livro Becoming, de Michelle Obama, apenas no primeiro dia de lançamento, em meados de 2018. 

O livro de memórias do presidente Obama, A Promised Land, de 768 páginas, vendeu 800 mil cópias em seu lançamento, em meados de novembro de 2020. A autobiografia de Harry tem previsão de publicação para 2022.

Jornal Midiamax