MidiaMAIS / Famosos

Nem tão favorito assim, Arthur foi eliminado 'zebra' e mostrou que tempo é tudo

Maioria das enquetes não apontavam eliminação do capixaba

João Ramos Publicado em 28/04/2021, às 07h49

Arthur deixou o reality com 61,34% dos votos
Arthur deixou o reality com 61,34% dos votos - (TV Globo)

Tempo. É isso que qualquer participante do Big Brother Brasil precisa para cair nas graças do público e ser perdoado pelo mesmo. Se, por ventura, a rapper Karol Conká tivesse ficado até as últimas semanas, provavelmente já estaria desculpada pela audiência por suas ações macabras lá dentro.

Num reality show, tempo é tudo. O tempo dá essa brecha para alianças se desfazerem e novas se formarem. Sem saída vendo parceiros deixando o jogo, a mamacita se aproximaria e ressignificaria suas alianças por não ter qualquer outra opção na casa. Formando novas amizades e com um período suficiente para mudar o comportamento, a cantoria teria grandes chances de fazer o telespectador mudar suas impressões.

Projetamos essa perspectiva para Karol, mas foi exatamente o que aconteceu com o instrutor de crossfit Arthur Picoli, eliminado desta terça-feira (27) no Big Brother Brasil. Esta foi a trajetória dele: do lixo ao luxo, ao contrário de muitos. Desagradando até 1 mês atrás, Arthur teve tempo suficiente para virar o jogo no BBB, fazendo a audiência praticamente esquecer de suas tramóias com Projota e do relacionamento esquisito com Carla Diaz.

Após se aproximar de Juliette (por não ter saída) e mostrar outro lado depois que seus aliados foram eliminados, a popularidade do capixaba chegou a ser tanta que quase nenhuma enquete previa sua eliminação na noite desta terça. Arthur foi a 'zebra' deste paredão e deixou o reality de cabeça erguida, eliminado com 61,34% dos votos. Camilla de Lucas acumulou 30,77% e Pocah incríveis e pífios 7,89%.

Em alta fora da casa, o professor de educação física saiu do Big Brother em seu melhor momento, depois de ter se corrigido e refeito sua imagem lá dentro mesmo, pelo menos para boa parte da audiência. Nem tão favorito assim, ou sem torcida poderosa em meio a duas famosas, ao contrariar as enquetes populares, Arthur também é a prova de que a votação é no GShow, e não nas redes sociais ou portais de notícias.

Fervoroso e apaixonado, o público dá causa ganha e não vê necessidade de se mobilizar, enquanto torcidas de peso do grupo camarote se organizam e votam em massa na plataforma da Globo. O tempo que Arthur teve poderia ter proporcionado os mesmos feitos para qualquer outro vilão dentro da casa mais vigiada do Brasil.

Enquanto ele, e somente ele, virou esse jogo com o público, outros que não tiveram o privilégio do tempo somem por tempos e fazem até documentário para tentar limpar a barra.

Jornal Midiamax