MidiaMAIS / Famosos

Mulher é presa após aplicar golpes se passando por funcionária de ex-produtor de Luan e Michel

Dudu Borges deixou de atuar na área há 4 anos, em 2017

João Ramos Publicado em 22/07/2021, às 09h53

Luan Santana e Michel Teló com o ex-produtor Dudu Borges
Luan Santana e Michel Teló com o ex-produtor Dudu Borges - (Fotos: Reprodução)

Uma mulher, de 49 anos, foi presa em flagrante por suspeita de estelionato e falsidade ideológica, nesta quarta-feira (21), em Fortaleza, no Ceará. Ela é investigada por aplicar golpes em artistas locais, se passando por funcionária de um produtor musical famoso no País.

Segundo informações apuradas pelo O Povo Online, a golpista afirmava ser representante de Dudu Borges, conhecido na indústria fonográfica como produtor de diversos artistas de sucesso, como Michel Teló, Gusttavo Lima e a dupla Bruno e Marrone, mas deixou de atuar na área há 4 anos, em 2017.

A Polícia Civil do Ceará (PCCE) foi acionada por uma das vítimas da estelionatária. A vítima encontraria a suspeita em um hotel para pagar R$ 20 mil, quantia que a falsa produtora dizia ser referente às taxas de patrocínio. Anteriormente, a mesma vítima já havia pago R$ 80 mil para a golpista.

Dinheiro devolvido

De acordo com O Povo Online, na ação, os agentes da polícia estavam com um representante de Dudu Borges, que afirmou não conhecer a suspeita, e que o produtor não tinha atuação no Ceará. A Polícia Civil não identificou vínculo entre ela e a empresa de Borges. Parte do dinheiro que a suspeita recebeu e os documentos que ela assinava como representante da empresa foram apreendidos.

A suspeita não tinha antecedentes criminais. O dinheiro foi devolvido à vítima e a Polícia Civil continuará as investigações para identificar outros suspeitos envolvidos no esquema criminoso.

Jornal Midiamax