MidiaMAIS / Famosos

Ludmilla e Gusttavo Lima aglomeram 500 pessoas em show para bicheiro

Os cantores Ludmilla e Gusttavo Lima se apresentaram no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro

Nathália Rabelo Publicado em 15/05/2021, às 13h48

Cantores foram alvos de críticas na Internet
Cantores foram alvos de críticas na Internet - Foto: Reprodução/Instagram

Ludmilla, Gusttavo Lima, Dudu Nobre, Alexandre Pires e Mumuzinho foram flagrados fazendo shows para 500 pessoas no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, na noite de sexta-feira (14), mesmo dia em que o Brasil alcançou 432 mil mil mortes por Covid-19. O evento era uma comemoração ao aniversário do bicheiro Adilson Coutinho de Oliveira.

As informações são do portal Metrópoles. Para despistar, os convidados entraram no hotel pela porta de trás, na avenida Nossa Senhora de Copacabana, com a proteção de inúmeros seguranças. A aglomeração começou na fila que foi formada na rua para entrar no local.

Segundo o Copacabana Palace, o número de 500 pessoas representa 40% da capacidade total do salão onde a festa foi realizada. Por meio das redes sociais, os artistas que se apresentaram afirmaram que a festa obedecia às normas de segurança e mostraram que fizeram testes para detectar o coronavírus. Todos deram negativo.

O resultado, no entanto, não é aval para uma "aglomeração segura", uma vez que os testes não detectam o vírus, caso tenha sido contraído em até três dias antes da realização. Além disso, não é possível saber se todos os convidados presentes também se submeteram aos testes.

Os cantores que fizeram shows foram criticados e cobrados nas redes sociais, especialmente os que reclamam do governo de Jair Bolsonaro e os que lamentaram a morte de Paulo Gustavo (1978-2021) em decorrência de complicações da Covid-19.

Jornal Midiamax