MidiaMAIS / Famosos

Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert comem placenta e falam em 'chocar a sociedade' em vídeo

Acredita-se que comer o órgão pode ajudar a prevenir a mãe de sofrer depressão pós-parto

João Ramos Publicado em 12/05/2021, às 09h52

Placentofagia é o nome do ato de ingerir placenta de bebês
Placentofagia é o nome do ato de ingerir placenta de bebês - (Reprodução)

Quando a filha caçula de Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert nasceu, o casal comeu a placenta da bebê, Maria Manoela. O órgão foi ingerido na hora do nascimento da criança, em outubro de 2019, mas Rodrigo e Fernanda só tornaram as imagens públicas agora.

Vídeo do casal comendo a placenta foi mostrado no programa "Bem Juntinhos", que é apresentado pela dupla no canal GNT. No vídeo, uma profissional de saúde entrega a placenta para eles comerem e brinca, dizendo que é para "chocar a sociedade".

Enquanto assistia ao próprio VT em seu programa, junto com convidados, Fernanda riu e concordou reafirmando a fala da médica. Veja a cena:

Placentofagia

O ato de ingerir a placenta de bebês é chamado de placentofagia, e acredita-se que comer o órgão pode ajudar a prevenir a mãe de sofrer depressão pós-parto.

Rejeitada como resíduo hospitalar após o parto, a placenta tem seus nutrientes e hormônios cada vez mais reconhecidos como aliados da saúde materna por diversas mães e adeptas da placentofagia.

As três irmãs Kardashian, por exemplo, consumiram suas próprias placentas. No Brasil, um dos casos mais conhecidos é o da apresentadora e chefe de cozinha Bela Gil, que ingeriu a placenta com vitamina de banana após dar à luz em casa a seu segundo filho, Nino. Após a divulgação do vídeo, Fernanda Lima passa a integrar essa lista.

Com mais pessoas interessadas em consumir a própria placenta houve também um aumento das versões em que o órgão pode ser oferecido: é possível consumi-la em cápsulas (a placenta passa por um processo de desidratação e vira pó, literalmente), em tintura (extrato líquido) e até mesmo nas opções em creme e pomada, estes para passar sobre a pele, inclusive a do recém-nascido, segundo informações da Revista Crescer.

Repercussão

A web não reagiu bem ao vídeo que mostra Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima ingerindo o órgão. Muitas pessoas estão incrédulas e com nojo. Confira:

Jornal Midiamax