MidiaMAIS / Famosos

Cristiano Ronaldo dá prejuízo de U$ 4 bilhões à Coca-Cola ao preferir tomar água

Cristiano Ronaldo tirou duas garrafas de Coca-Cola de sua frente e pôs uma de água na Eurocopa

Nathália Rabelo Publicado em 16/06/2021, às 16h00

Cristiano Ronaldo trocou as garrafas de Coca por uma de água
Cristiano Ronaldo trocou as garrafas de Coca por uma de água - Foto: Reprodução

O atacante da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo, sempre foi adepto da vida saudável e ficou mais ainda depois que se tornou pai. Mas o jogador protagonizou um momento engraçado na coletiva de imprensa da Eurocopa ao lado do treinador Fernando Santos. O craque se incomodou com as garrafas de Coca-Cola na mesa, e as trocou por água. Em seguida disse "bebam água, não Coca-Cola".

O que ninguém esperava era que essa pequena atitude iria causar um prejuízo de bilhões à Coca-Cola, que é, inclusive, uma das patrocinadoras do torneio.

Quando a Bolsa de Valores da Europa abriu no domingo (13), cada ação da empresa valia 56,10 dólares (cerca de R$ 285) . Logo depois da coletiva de Cristiano Ronaldo, a ação despencou para 52,22 dólares. Foi uma queda impressionante de 1,6% no total do valor da companhia na Bolsa europeia.

De acordo com o jornal Marca, da Espanha, o total de patrimônio da Coca-Cola na Europa passou de 242 bilhões de dólares a 238 bilhões de dólares. Perda de 4 bilhões de dólares com o gesto de Cristiano Ronaldo, aproximadamente R$ 20 bilhões.

A situação mostra a força de marketing de Cristiano Ronaldo. O atleta não esconde de ninguém que segue uma alimentação à risca, sem tomar refrigerante, comer frituras ou doces. 

O atacante até já comentou que quer que os filhos sigam o mesmo exemplo, mas diz que é difícil controlar: "Sou duro com ele (Ronaldo Júnior), às vezes, porque ele bebe Coca-Cola e Fanta. Eu fico irritado com ele quando ele come batata frita e tudo o mais, e ele sabe que eu não gosto. Até meus filhos menores, quando eles comem chocolate, sempre olham para mim". 

Jornal Midiamax