MidiaMAIS / Famosos

Conselheiro do Sport faz ataque homofóbico contra Gil: “Machuca muito”, desabafa ex-BBB

Responsável por vazar os áudios, conselheiro Romero Albuquerque diz que pedirá expulsão de Flávio Koury do quadro de sócios do clube

Nathália Rabelo Publicado em 14/05/2021, às 16h47

Gil do Vigor na Ilha do Retiro para receber homenagem do clube de futebol
Gil do Vigor na Ilha do Retiro para receber homenagem do clube de futebol - Foto: Reprodução/Instagram

O conselheiro do clube de futebol Sport, Flávio Koury, revoltou a torcida nas redes sociais na tarde desta sexta-feira (14). Acontece que ele teve seu áudio vazado na Internet com conteúdo homofóbico enquanto criticava a dança de Gil do Vigor realizada na Ilha do Retiro, no dia em que o ex-BBB, que é fã do time de Recife, foi homenageado pelo clube. Chateado com a repercussão, Gil se posicionou através das redes sociais.

"Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo...... É muita dor!"

Em um dos áudios vazados, o conselheiro faz críticas à famosa dança do participante. Os áudios e mensagens foram enviados em um grupo a parte, fora do ambiente oficial do clube, com a presença de conselheiros e torcedores.

"Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele ou no bordel, ou onde ele quisesse, eu não estava nem aí. Mas foi dentro da Ilha do Retiro, né rapaz. Isso é uma desmoralização. Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que a gente está vivendo. Esses tempos novos, é isso. Não tem mais respeito. Filho não respeita pai, pai não respeita filho, não respeita irmão. Não tem amigo. É a depravação.” Confira o áudio abaixo:

Conselheiro pede expulsão

Responsável por vazar os áudios, o deputado e também conselheiro Romero Albuquerque protocolou um pedido para que Flávio Koury seja expulso do quadro social do Sport, de acordo com o Globo Esporte.

"Dei entrada no requerimento que pede a expulsão de Flávio. Divulguei porque além do fato administrativo, ultrapassou a esfera criminal. É homofobia. Algo na minha visão muito grave. Acabei expondo outros conselheiros, mas não podia ser diferente meu posicionamento. Tinha que me manifestar para que essa atitude está errada.", disse.

Além disso, o Presidente do Sport, Milton Bivar utilizou as redes sociais para apoiar Gil do Vigor. "O Sport Club do Recife é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport. Um clube plural, do povo. A maior torcida do Norte/Nordeste. Não segregamos quem ama o Sport. O amor que une nossa torcida ao clube é incondicional", escreveu. 

Logo depois, o presidente agradeceu Gil do Vigor por levar o nome do clube ao conhecimento nacional durante sua participação no reality. 

Nas redes sociais, torcedores e fãs apoiam Gil do Vigor e reprovam as falas homofóbicas de Flávio Koury.

Jornal Midiamax