MidiaMAIS / Famosos

Carol Narizinho fala sobre assédio nas redes sociais: "Me sinto como um pedaço de carne"

Modelo falou sobre machismo no Instagram, autoestima e vida financeira

Nathália Rabelo Publicado em 16/06/2021, às 15h00

Carol Narizinho
Carol Narizinho - (Foto: Reprodução/Instagram)

Com mais de 2 milhões de seguidores no Instagram, Carol Narizinho desabafou sobre o assédio que sofre nas redes sociais. A influencer afirmou que recebe mensagens machistas no Instagram por conta de suas fotos de biquíni.

"Às vezes, eu posto algo de biquíni ou uma publicidade que aparece um pouco mais do meu corpo e vem aquele monte de homem elogiando, falando besteira ou oferecendo dinheiro para sair comigo, para me comprar. Isso até hoje me incomoda. Eu me sinto como um pedaço de carne a ser comprado, a ser desejado", disse a modelo em entrevista ao iG.

"Me incomoda bastante essa visão masculina. Acho que a mulher tem de ser livre, mas ainda tem muito machismo nesse meio. A gente não pode andar de biquíni ou postar uma foto usando ele que está se vendendo, mas não é isso que estou fazendo", acrescentou ela, que namora Gustavo Fischer.

Carol também falou sobre as inseguranças com o próprio corpo e autoestima. "Hoje em dia eu me aceito muito mais do jeito que eu sou. Tenho minhas celulites ali. Isso não me incomoda mais como antigamente, que tinha aquela pressão de estar perfeita. No Carnaval, a gente tinha que sambar e o bumbum não podia balançar. Hoje em dia eu já não me incomodo mais com isso, mas eu me cobro bastante por estar bem, me olhar no espelho e me sentir bem."

A modelo, que participou do reality A Fazenda, disse que fez escolhas financeiras erradas quando ficou famosa. "O meu primeiro milhão eu já fiz, na verdade. Foi tudo muito rápido depois que eu entrei para a televisão, me tornei uma pessoa pública. Ganhei realmente muito dinheiro, trabalhei muito também, mas eu não soube lidar com esse dinheiro, não tinha inteligência financeira. Eu acabei perdendo muito dinheiro, fiz investimentos errados. Agora eu estou me recuperando e conseguindo fazer os investimentos certos para juntar meu próximo milhão e comprar meu apartamento".

Jornal Midiamax