MidiaMAIS / Famosos

Parrerito, do Trio Parada Dura, morre aos 67 anos após complicações do coronavírus

'Parrerito', cantor do Trio Parada Dura, morreu aos 67 anos na noite deste domingo (13), após complicações causadas pelo coronavírus

Carlos Yukio Publicado em 14/09/2020, às 07h56

None
Parrerito, do Trio Parada Dura, morre aos 67 anos após complicações do coronavírus

Eduardo Borges, o ‘Parrerito’, cantor do Trio Parada Dura, morreu aos 67 anos na noite deste domingo (13), após complicações causadas pelo coronavírus. Parrerito era diabético e teve complicações no rim e no coração, mas a causa da morte ainda não foi divulgada. O cantor deixa mulher e ao menos quatro filhas.

“Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja”, diz nota publicada pelo grupo sertanejo.

O cantor recebeu o diagnóstico para o covid-19 no dia 29 de agosto, quando foi internado. Três dias depois, o cantor sofreu um mal súbito e foi levado à UTI em estado grave, mas estável, com 50% do pulmão comprometido. O cantor não resistiu e morreu neste domingo por volta das 22h.

Os outros integrantes do Trio Parada Dura, Creone e Xonadão, tiveram resultado negativo no teste para a doença. A mulher de Parrerito contraiu a doença, mas se recuperou em casa.

Nas redes sociais, fãs do cantor prestaram homenagem. O sertanejo Gusttavo Lima escreveu: “Que Deus o tenha… Descanse em paz grande Parrerito!!!”. O músico Leonardo também usou a internet para fazer um tributo a Parrerito. “Tenho tantas histórias pra contar de você, meu amigo do peito. Obrigado por tudo que fez por mim e meu eterno irmão Leandro. Principalmente por nossa música sertaneja ! Descanse em paz”.

Segundo a assessoria, o horário e o local do velório ainda não foram definidos porque familiares aguardam para saber como será o protocolo, já que o artista havia contraído o coronavírus.

Jornal Midiamax