MidiaMAIS / Famosos

MP acata denúncia dos irmãos Neto e Fontenelle vira ré em processo

O Ministério Público do Rio de Janeiro acatou o pedido dos irmãos Luccas e Felipe Neto e colocou Antônia Fontenelle como ré num processo

Carlos Yukio Publicado em 08/10/2020, às 08h29

None
Irmãos Neto processam Antonia Fontenelle e pedem R$ 200 mil

O Ministério Público do Rio de Janeiro acatou o pedido dos irmãos Luccas e Felipe Neto e colocou Antônia Fontenelle como ré num processo ajuizado pela dupla na 39ª Vara Criminal. A decisão foi assinada pelo juiz Ricardo Coronha Pinheiro, no último dia 1º. A informação é da colunista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia.

Os irmãos Neto acionaram Antônia após a apresentadora do ‘Na Lata’ ter associado a imagem dos dois youtubers ao crime de pedofilia. Em publicação no Instagram, Antônia postou um compilado de vídeos de alguns humoristas famosos, entre eles, imagens dos canais dos irmãos Neto, e fez o seguinte questionamento: “Podemos chamar esse vídeo de incitação à pedofilia a olhos nus?”.

E ainda comentou: “Felipe e Luccas Neto, dois irmãos milionários, um deles faz dinheiro com crianças e o outro com adolescentes cujo os pais ignoram o que seus filhos consomem na internet”.

Troca de farpas

Em julho, Felipe Neto comemorou em suas redes sociais o fato de o recurso de Antonia para o processo seguir em segredo ter sido negado pela Justiça. “Estamos aguardando ela apagar os posts. Os processos agora continuarão nas esferas cível e criminal, onde ela terá a chance de provar tudo o que falou. A justiça há de funcionar”, escreveu.

Já Antonia Fontenelle, na época, fez uma live para falar sobre o assunto. Ela disse que, apesar de ter perdido o recurso, o processo continua em curso. “Não perdi processo pra ninguém, essa história está só começando”, afirmou. “Os irmãos Neto não vão ver a cor do meu dinheiro nunca.”

Jornal Midiamax