MidiaMAIS / Famosos

Ex-diretor da Globo é preso em flagrante no Rio por dar golpes em hotéis de luxo

Aaron Salles Torres, ex-diretor do programa humorístico “Vai Que Cola”, exibido no canal a cabo Multishow, que pertence à Rede Globo, foi preso em flagrante junto com seu namorado, Johny de Souza Oliveira, no Rio de Janeiro. Os dois estavam sendo investigados pela Polícia Civil desde março, por utilizarem cartões de crédito clonados em hotéis […]

Evelin Cáceres Publicado em 13/12/2020, às 16h23

Ex-diretor 'ostentava' por meio de golpes, diz polícia
Ex-diretor 'ostentava' por meio de golpes, diz polícia - Ex-diretor 'ostentava' por meio de golpes, diz polícia

Aaron Salles Torres, ex-diretor do programa humorístico “Vai Que Cola”, exibido no canal a cabo Multishow, que pertence à Rede Globo, foi preso em flagrante junto com seu namorado, Johny de Souza Oliveira, no Rio de Janeiro.

Os dois estavam sendo investigados pela Polícia Civil desde março, por utilizarem cartões de crédito clonados em hotéis de luxo, de acordo com a revista Época. O flagrante ocorreu enquanto faziam check-in.

A investigação teve início depois que o casal se hospedou em um hotel de luxo no último Réveillon. Eles ficaram em uma das suítes até o dia 12 de janeiro.

Ao deixarem o hotel, pagaram as diárias de R$ 1.500 com um cartão clonado. O estabelecimento só foi informado da fraude depois de um mês, pela operadora financeira do cartão.

Para a polícia, eles negaram que tenham usado cartões clonados ou, então, que façam parte de uma rede de criminosos que manipula dados de clientes pela internet.

Estelionato e organização criminosa

A delegada responsável pelo inquérito, Natacha Oliveira, afirmou que o casal vai responder pelos crimes de estelionato e organização criminosa. Em depoimento, eles negaram a prática de golpes, mas continuam presos.

Além de dirigir o “Vai que Cola” por duas temporadas, Aaron Salles Torres trabalhou em outras produções da Globo/Globosat, como na série de terror “Noturnos”, protagonizada por Marjorie Estiano e Ícaro Silva, e exibida pelo Canal Brasil.

Jornal Midiamax