MidiaMAIS / Famosos

Citando princípios do feminismo, Benedict Cumberbatch exige salário igual às mulheres

Citando princípios do feminismo, o ator britânico Benedict Cumberbatch afirmou que irá recusar papéis caso o trabalho não pague o mesmo às mulheres. Protagonista de sucessos como “Sherlock” e “Doutor Estranho”, também anunciou projetos que tratam sobre o universo feminino. A declaração do astro norte-americano foi feita nesta terça-feira (8), à Radio Times. “Igualdade de remuner...

Mariana Lopes Publicado em 09/05/2018, às 10h42

The actor Benedict Cumberbatch in West Hollywood, Calif., April 25, 2018. Playing Edward St. Aubyn’s literary alter-ego in the upcoming “Patrick Melrose,” a limited series that debuts on Showtime in May, has been a dream role for Cumberbatch. (Harry Eel...
The actor Benedict Cumberbatch in West Hollywood, Calif., April 25, 2018. Playing Edward St. Aubyn’s literary alter-ego in the upcoming “Patrick Melrose,” a limited series that debuts on Showtime in May, has been a dream role for Cumberbatch. (Harry Eel... - The actor Benedict Cumberbatch in West Hollywood, Calif., April 25, 2018. Playing Edward St. Aubyn’s literary alter-ego in the upcoming “Patrick Melrose,” a limited series that debuts on Showtime in May, has been a dream role for Cumberbatch. (Harry Eel...

Citando princípios do feminismo, o ator britânico Benedict Cumberbatch afirmou que irá recusar papéis caso o trabalho não pague o mesmo às mulheres. Protagonista de sucessos como “Sherlock” e “Doutor Estranho”, também anunciou projetos que tratam sobre o universo feminino.

A declaração do astro norte-americano foi feita nesta terça-feira (8), à Radio Times. “Igualdade de remuneração e um lugar à mesa são os princípios centrais do feminismo. Veja as cotas. Pergunte quanto está sendo pago e diga: ‘Se ela não for paga da mesma forma que os homens, eu não vou fazer isso'”, disse o ator.

Cumberbatch adiantou que o próximo projeto da sua produtora é uma história sobre a maternidade, que foi desenvolvido a partir da ótica feminina. Ele contou que metade do elenco é mulher.

O ator ainda fez menção ao filme “Pantera Negra”, a terceira maior bilheteira da história, que demonstra que a diversidade racial não é um impeditivo para a rentabilidade.

As declarações de Cumberbatch surgem após várias polêmicas no Reino Unido sobre a disparidade salarial entre atores e atrizes. Há poucos dias, foi divulgado que a atriz Claire Foy, protagonista da série “The Crown”, da Netflix, no qual ela interpreta à rainha Elizabeth II, ganhava menos que o seu par Matt Smith, que vive o príncipe Philip – o marido da soberana.

Jornal Midiamax