MidiaMAIS / Famosos

Ronaldo Ésper diz que se tornou gay por causa de ‘maldição de familia’

Estilista culpou tia por ter jogado ‘praga’

Guilherme Cavalcante Publicado em 06/04/2017, às 11h23

None
ronaldo-esper-52f0152ec2d0d.jpg

Estilista culpou tia por ter jogado ‘praga’

O estilista e apresentador Ronaldo Esper, 74, que recentemente afirmou ter deixado de ser gay, foi convidado especial do programa Fala Que Eu Escuto da noite desta quarta-feira (5), na Record. Na participação no programa, o estilista confirmou a afirmação de que deixara de ser homossexual após passar a frequentar a Igreja Universal do Reino de Deus.

Ésper também destacou que só 'virou gay' por conta de uma maldição lançada na sua família. "Eu acredito que as pessoas nascem com várias tendências, com coisas de família. Para mim foi uma maldição. Uma maldição que foi lançada a mim quando era muito pequeno por uma pessoa que não era da minha família, mas que casou com a minha família", revelou durante o programa.

O estilista continuou o relato: "Acho que a maldição veio desta mulher. E ela passou a vida inteira me perseguindo. Uma vez ela me jogou na piscina e não me socorria. E eu não sabia nadar. Até que meu tio veio e me tirou", disse.

Ronaldo Ésper também lembrou de suas experiências com homens, inclusivo um relacionamento de 14 anos que disse ter mantido com um homem casado, cujo nome não foi revelado.

Jornal Midiamax