MidiaMAIS / Culinária

Para não exagerar na ceia, confira dicas para calcular a medida ideal das refeições

Natal e Ano Novo sempre costumam ser recheados de ceias fartas, reuniões de famílias e muita comida na mesa. No entanto, este ano as coisas serão diferentes, aquela grande reunião terá que se limitar aos familiares de casa e a mesa com quilos e quilos de comidas precisará ser repensada. Confira nesta reportagem como calcular […]

Carolina Rocha Publicado em 16/12/2020, às 15h35 - Atualizado às 15h44

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Natal e Ano Novo sempre costumam ser recheados de ceias fartas, reuniões de famílias e muita comida na mesa. No entanto, este ano as coisas serão diferentes, aquela grande reunião terá que se limitar aos familiares de casa e a mesa com quilos e quilos de comidas precisará ser repensada. Confira nesta reportagem como calcular a quantidade ideal para ceia da sua família.

Para quem está acostumado a fazer exageros nas ceias, existem medidas em que podem ajudar na hora de não sobrar ou até não jogar comida fora, a coordenadora do curso de nutrição da Uniderp, Danielle Miron da algumas dicas em números. “O ideal é fazer um cálculo da quantidade, evitando desperdício. Se a opção for por carne ou peixe, a recomendação é considerar 250 gramas por convidado. Se for churrasco, pode aumentar para 300 a 350 gramas”.

O número citado é para apenas um tipo de carne ou peixe. Caso a família opte por diversos tipos de proteínas, o número varia entre 200 a 300 gramas de cada um, e então se diminui a quantidade de acompanhamentos, entre 50 a 100 gramas. Já a sobremesa, o indicado é entre uma ou duas porções por pessoa.

“Outra dica bacana é a quantidade de bebidas. Uma garrafa de vinho branco, ótimo para harmonizar com as receitas tradicionais das festas, é o suficiente para três ou quatro pessoas. Para bebidas sem álcool, de 400 a 600 ml de suco de frutas é o indicado por pessoa”, completa Miron.

Também lembrou que a família precisa se atentar as restrições. “Fique atento a restrições como intolerância à lactose ou glúten. Ou ainda a preferência do convidado por uma dieta vegetariana ou vegana. Há uma infinidade de receitas que podem compor a mesa e agradar a todos”, finaliza.

Jornal Midiamax