MidiaMAIS / Culinária

Chef Dedê Cesco encanta o paladar com ravioloni de salmão e molho à base de vinho

Saiba mais sobre o prato

Daiane Libero Publicado em 05/09/2016, às 11h38

None
_mg_0763.jpg

Saiba mais sobre o prato

Chef Dedê Cesco encanta o paladar com ravioloni de salmão e molho à base de vinhoConhecida da culinária de Mato Grosso do Sul há muito tempo, a chef Dedê Cesco adora inovar. Nesta terça-feira (6), ela vai cozinhar, durante uma semana, na cozinha da Casa Cor Mato Grosso do Sul, mostra de arquitetura e design que reúne 30 ambientes variados, antecipando tendências do segmento. A chef foi convidada a servir um menu autoral, e um dos pratos que poderá ser degustado pelo público de Campo Grande, ela adianta para a reportagem do MidiaMAIS. "Farei pratos franceses mas com uma inspiração também regional", revela a chef. 

Os pratos de Dedê, a única chef sul-mato-grossense que foi convidada para participar de um episódio da última temporada do reality show Masterchef Brasil, possuem sua assinatura mas se influenciam por várias tendências gastronômicas. O rávioloni de salmão é um dos pratos que ela cozinha até domingo na mostra. A base da massa é como a de qualquer massa fresca, simples de fazer. Para moldar o ravioloni (um ravioli bem maior e muito mais recheado), basta cortar um círculo de massa, rechear, apertar as pontas e depois dobrá-las. 

Massa é deliciosa e perfumada com creme de cebolas frescas / Foto: Henrique Kawaminami

O recheio é uma mistura de salmão defumado com ricota, um queijo curinga e que encorpa qualquer mistura, trazendo também suavidade. O cozimento da massa é muito rápido e ela deve ser imersa em água quente. Em seguida, a chef usa a técnica de "clarificar" a manteiga. "Você derrete a manteiga e com ela ainda quente, rega a massa antes de colocá-la no molho. Isso traz um sabor de amêndoas para a massa", exemplifica Dedê. 

Molho diferente

O molho que acompanha a massa é feito com vinho seco branco, mas Dedê usa uma técnica para trazer cremosidade. "Não gosto de usar amido de milho ou farinha para engrossar o molho. Bato cebolas reduzidas e faço um creme de cebola caseiro", indica a chef. O perfume que isso traz para a receita é incrível. 

Para finalizar, Dedê salpica sobre quatro raviolonis dispostos sobre o molho, um punhado de pistache torrado, picado em pedacinhos, para criar uma crocância. 

SERVIÇO – A Casa Cor Mato Grosso do Sul fica na Av. Afonso Pena, 4025. Informações: (67) 3325-4113. 

Prato é sofisticado mas de fácil preparo / Foto: Henrique Kawaminami

Jornal Midiamax