MidiaMAIS / Comportamento

Com a ideia de que menos é mais, minimalismo é febre para quem quer mudar de vida

Saiba mais sobre a mais nova 'moda' da internet

Daiane Libero Publicado em 17/01/2018, às 09h00

None

Saiba mais sobre a mais nova ‘moda’ da internet

Essa semana o MidiaMAIS já abordou a febre dos “Bullet Journal”, que aos poucos estão substituindo as tradicionais agendas na organização da vida pessoal. Porém, outra moda tal qual o BuJo, que surgiu na internet e vem conquistando cada vez mais adeptos é o minimalismo, que, dentro de um contexto, pode ter uma ou várias interpretações. O minimalismo pode ser aplicado a tudo, desde à sua casa e ao lixo que você produz, até ao seu guarda-roupa e sua alimentação. 

“Minimalismo é a nova palavra da moda, principalmente entre pessoas que já se cansaram do consumismo desenfreado e agora estão prestando um pouco mais de atenção em coisas que o dinheiro não pode comprar, como a satisfação com a vida e a felicidade”, explica a consultora de moda e estilo de vida Fernanda Novaes. 

Com a ideia de que menos é mais, minimalismo é febre para quem quer mudar de vida

Para a psicóloga Amanda de Melo, essa tendência ao desapego de coisas materiais vem na contramão do consumo desenfreado que as pessoas vivenciam há muito tempo.

“O ser humano se acostuma muito fácil ao conforto, mas esse conforto tem um preço que muitas vezes não estamos preparados para pagar. Vivemos um momento onde as pessoas têm muito mas sentem pouco. Estamos conectados e pouco dialogamos. Precisamos rever muitos comportamentos de consumo, e o minimalismo pode ajudar, se a pessoa se encontrar nesse estilo de vida”, opina. 

Alguns hábitos minimalistas

1. Menos roupas
Você pode começar liberando espaço no seu armário, e doando roupas em bom estado para quem precisa. No minimalismo, você deverá conservar apenas o necessário. Imagine quais são as 30 peças de roupas mais essenciais para você e se livre do restante. 

2. Menos ‘tralha’
A distribuição harmoniosa dos objetos é fundamental na rotina minimalista. Eles devem alinhar conforto e funcionalidade. Com poucos móveis e sem excessos na decoração, os minimalistas garantem cômodos mais limpos e espaçosos, optando por menos tralhas que poluem o espaço e também o visual. A casa deve ser limpa, confortável e com fluidez. 

3. Menos quantidade, mais qualidade
Esse tipo de ideia se aplica também à alimentação. Consumir com mais qualidade (comidas orgânicas, mais frescas) e menos quantidade (ir menos ao fast-food, comer menos) é um dos ideais do minimalismo. 

4. Menos stress
Ter uma rotina menos corrida, se estressar menos e deixar os problemas para serem resolvidos no seu devido tempo também é algo trazido pelo minimalismo. Viajar, e não comprar; ter um tempo de qualidade e não coisas são outras características desse estilo de vida. 

Jornal Midiamax