MidiaMAIS / Comportamento

Com mais de 2 mil orquídeas, colecionador quer difundir a arte e beleza das flores

Evento reúne apreciadores das plantas no Estado

Daiane Libero Publicado em 04/08/2017, às 09h00

None

Evento reúne apreciadores das plantas no Estado

Começou como um hobby com algumas poucas plantas, mas desde 1996 que o artista plástico e comerciante Wenceslau Carlos de Oliveira, de 49 anos, te uma verdadeira paixão por orquídeas, pela beleza, durabilidade e variedade dessas flores. 

A paixão de mais de duas décadas virou evento, que reúne os chamados “orquidófilos” na 12ª Exposição Nacional de Orquídeas, aqui na Capital, de 11 a 13 de agosto com entrada franca. Hoje ele tem mais de 2 mil orquídeas em sua casa, seu orquidário particular. “Sempre no mês de agosto, época básica da floração da orquídea, realizamos essa exposição, que é ‘três em uma'”, descreve.

Segundo ele, que também é presidente da ACOA (Associação Campo-grandense de Orquidofilia e Ambientalismo), a mostra contempla de forma nacional os apaixonados pelo cultivo dessas plantas, estadualmente e também vale para os apaixonados aqui mesmo em Campo Grande. “A ideia é sempre reunir cada vez mais um número maior de colecionadores”, enfatiza. Na ocasião eles discutem sobre melhoramento das plantas, são realizados cursos com enfoque em cuidados, além da venda de mudas e flores. 

Paixão de duas década

Wenceslau conta que, de zero plantas para 2 mil, foi um longo caminho. “Sempre gostei de plantas. Teve uma exposição em 1996 lá no Horto Florestal, a última feita aqui antes da gente começar a mexer. Na época eu já tinha algumas mudas, mas fiquei encantado. Você começa a estar junto com pessoas que gostam e cultivam”, enaltece. Segundo ele, antes da Capital, Sidrolândia havia sido um pólo no cultivo de orquídeas, mas hoje graças ao evento Campo Grande está na frente. 

Com mais de 2 mil orquídeas, colecionador quer difundir a arte e beleza das flores

SERVIÇO – O evento engloba 8ª Mostra de Reprodução de Orquídeas, 9ª Exposição Estadual de Orquídeas e 9ª Exposição Nacional da Cattleya Nobilior. O evento é realizado no Círculo Militar (Avenida Afonso Pena 107) e a entrada é franca, com entrada sempre a partir das 9h. Outras informações: (67) 3383-9973.

Jornal Midiamax