MidiaMAIS / Comportamento

Cerveja artesanal batizada de Fora Temer, criada em assentamento, faz sucesso

Feita de puro malte, leva 20 dias para ficar pronta 

Daiane Libero Publicado em 06/05/2017, às 16h55

None
image_large.jpg

Feita de puro malte, leva 20 dias para ficar pronta 

Uma cerveja com um nome bem político tem conquistado bastante atenção. É a cerveja artesanal Fora Temer, criada no assentamento Maria Lara, em  em Centenário do Sul, norte do Paraná. “É puro malte, como toda cerveja que se preza tem de ser”, atesta Viviane Leal Dantas, que produz a bebida na cervejaria artesanal Latinoamericana. Segundo ela, os materiais que vão no produto são água, malte e lúpulo, sem cereais não-maltados como milho. 

Viviane, que entrou no ramo há dois anos, conta que começou a produzir a Fora Temer logo que o atual presidente assumiu o governo, em 12 de maio do ano passado. “O protesto bem humorado contra o novo governo foi bem recebido pelos amigos, que postaram nas redes sociais, muitos compartilhamentos. E a marca foi se espalhando”, conta. 

Segundo ela, a produção da Fora Temer, limitada a 40 litros por semana, atende à freguesia em busca de um presente diferente, divertido e engajado para amigos e parentes. Ou mesmo para “protesto próprio”. “Há amigos que compraram para levar de presente em viagens a outros estados. Podemos dizer que Fora Temer já chegou a São Paulo, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe.”

A cerveja pôde ser provada na 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária do MST, que começou nesta quinta (4) e termina no próximo domingo (7), no parque da Água Branca, na zona oeste da capital paulista. Desde a abertura, já foram vendidas mais de 100 garrafas. A marca passará a ser vendida no Armazém do Campo, em São Paulo, ponto de vende de produtos do MST.

Há quatro versões da bebida. Para bebedores iniciantes, que preferem algo mais suave, com menor graduação alcoólica, a mais indicada é a versão Weiss, feita à base de trigo. Com maior concentração de lúpulo e mais amarga, a American Ipa tem 7% de teor alcoólico e combina aromas cítricos aos amadeirados.

Quem prefere cerveja preta vai gostar da Stout. Segundo Viviane, é mais encorpada e seu amargor é moderado. Há ainda  a American Pale Ale (Apa). Parecida com a Ipa, com aromas cítricos, é um pouco menos amarga e de menor teor alcoólico.

Jornal Midiamax