MidiaMAIS

VÍDEO: Para Campo Grande toda ver, muralista se inspira na fauna regional ao colorir viaduto da UFMS

De acordo com o artista, obra deve ser entregue até o fim deste mês na Capital

Nathália Rabelo Publicado em 12/01/2022, às 14h50

Matheus do Carmo é muralista e começou a carreira na arte aos 13 anos
Matheus do Carmo é muralista e começou a carreira na arte aos 13 anos - (Foto: Arquivo Pessoal)

Desde o fim de dezembro de 2021, o viaduto da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) passa por revitalização em Campo Grande por meio do projeto ‘Cores e Vias’. O grafite está por conta do artista muralista Matheus do Carmo, de 26 anos, que se inspira na fauna regional para colorir o local.

Natural de São Paulo, ele contou ao Jornal Midiamax que mora na capital sul-mato-grossense há quatro anos, mas começou a carreira aos 13. Ele vive de arte e possui obras espalhadas por vários municípios do Estado. Um dos murais mais conhecidos de Matheus fica no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

No novo projeto de revitalização do viaduto da UFMS, ela afirma que sua maior inspiração são os animais típicos do Estado. A homenagem principal é destinada às araras. 

“Lá, eu tô realizando o mural para a cidade mostrando a beleza das araras e dos animais regionais daqui”, afirmou à equipe de reportagem.

Para ele, o projeto é um dos maiores da carreira. “Está sendo muito gratificante realizar esse projeto e será um dos maiores trabalhos que já realizei. Com certeza ficará eternizado”, disse.

Na reta final para a entrega do projeto, Matheus trabalha nos detalhes da arte. A previsão é que a obra fique pronta até o final deste mês. 

“Eu costumo trabalhar bastante com os animais, então eu quis expressar bastante essa ideia. Então, eu fiz um projeto antes para começar a fazer lá”, pontua o muralista. Confira o vídeo abaixo e veja como anda o trabalho por lá:

Revitalização do viaduto

A revitalização do viaduto da UFMS começou no dia 23 de dezembro de 2021 por meio do projeto Cores e Vias, da Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo). Conforme o secretário da Sectur, Max Freitas, o projeto visa promover a arte urbana, patrimônio cultural, educação ambiental e o turismo da Capital.

“Queremos gerar a sensação de pertencimento ao campo-grandense, para que ele possa querer cuidar da cidade e ensinar as crianças a preservar o ambiente em que vivem”, explicou.

O projeto de revitalização é resultado da parceria público-privada com o Grupo Pereira, representado pelo Fort Atacadista e Supermercado Comper.

Jornal Midiamax