MidiaMAIS

Stylist dá dicas de como introduzir a saia no guarda-roupa masculino

Ao contrário do que muitos pensam, a saia não é só para mulheres e compõe looks incríveis em homens. Confira essas dicas de Anderson Alvves

Nathália Rabelo Publicado em 25/03/2021, às 14h00 - Atualizado às 18h32

None
Saia em composições masculinas (Foto: Nathália Rabelo)

Recentemente o Brasil se deparou com uma situação desconfortável no BBB 21: o cantor sertanejo Rodolffo chegou a ridicularizar Fiuk por usar vestido e saia como parte do figurino para uma festa. Isso deixou o público aqui fora muito revoltado e quase resultou na eliminação do brother na última terça-feira (23). Mas como essa matéria é de moda, e não sobre o Rodolffo, o MidiaMais trouxe um stylist de Campo Grande para dar dicas de como introduzir a saia no guarda-roupa masculino e deixar de lado ideias arcaicas que ainda são reproduzidas, inclusive por figuras públicas.

Anderson Alvves, de 46 anos, trabalha como stylist e editor de moda em Campo Grande. Com um portfólio vasto no universo fashion na Capital e em outras cidades, como São Paulo, o profissional já avisa que a saia pode ser tranquilamente usada por homens, uma vez que ela veio com essa desconstrução de gênero. Atrelar a peça à orientação sexual de um homem é uma prática que se deu devido aos movimentos históricos relacionados aos gêneros.

“A saia vem de muito tempo, de outras épocas. Os escoceses sempre usaram saia, faz parte até da gala escocesa. Os romanos usavam saias e vestidos, então vem de muito tempo mesmo. O que se fez é que, ao longo da história, foi se perdendo pela calça, onde depois mulheres não podiam usá-la”, contou o stylist. Assim, a saia se tornou uma roupa considerada estritamente feminina, apesar de que isso não passa de uma ideia imposta. Portanto, homens podem usar uma saia sem que ela diga nada sobre a sua orientação sexual.

As combinações podem ser infinitas para compor um look confortável e elegante. Anderson fala que as melhores combinações para o dia é usar saia com uma camiseta e tênis nos estilos all star e converse. Esfriou? Basta colocar uma jaqueta por cima, meias grossas ou até leggings para proteger a perna do vento frio. Se você gostar de um estilo mais ousado, pode unir a calça e a saia na mesma produção.

A saia também pode compor o gênero alfaiataria, acompanhada por uma bela camiseta, recortes finos, sapatos sociais, coturnos ou boots. “Eu não vejo ela somente para o dia a dia, eu acho que ela pode ir para uma ocasião até black & tie”, afirma o stylist.

Look composto por camisa social branca e saia preta em desfile tributo à Chanel, em Campo Grande 2019 (Foto: Nathália Rabelo)
Look composto por camisa social branca e saia preta em desfile tributo à Chanel, em Campo Grande 2019 (Foto: Nathália Rabelo)

Nas grandes metrópoles de moda, como Paris, Milão, Nova York, Londres e Tóquio, a saia também já é amplamente usada. Mas é na Escócia que o adereço faz parte do guarda-roupa masculino por questões culturais, especialmente nos eventos de gala. Anderson ainda mostra que Mato Grosso do Sul é um Estado que favorece o uso da saia devido ao clima muito quente. Apesar de que ainda existe muita resistência em relação a vários estilos, as pessoas devem se soltar dessas amarras e não encarar essa resistência como proibição.

Questionado sobre o que achou do comentário feito por Rodolffo a Fiuk, o stylist disse que não gostou da atitude e que ela está muito mais relacionada ao machismo estrutural enraizado na sociedade do que à homofobia propriamente dita.

“Qualquer ridicularizarão em termos de moda e gênero, de raça, qualquer coisa, é ridículo. Não teria que ter, não deveria existir. No caso em si, o Fiuk não deixou explícito qual é a orientação sexual dele, então naquele caso eu não vejo como uma homofobia, porque ele não deixou claro sua orientação sexual. Sendo hétero, não poderia caracterizar como o crime de homofobia”, esclareceu Anderson.

Assim, a moda surge a partir de um reflexo social para quebrar padrões existentes há décadas. Se você é homem e está querendo introduzir a saia no seu vestuário, comece observando o seu corpo e qual estilo combina mais com você. Adeque a saia a chinelos, all stars, sandálias e boots. O importante mesmo é se sentir confortável e livre para vestir e expressar o que quiser através da roupa.

Jornal Midiamax