MidiaMAIS

'Semente das Ruas': projeto oferece oficinas gratuitas de hip hop em Campo Grande

O lançamento do projeto será na próxima quinta-feira (23) e tem o objetivo de promover representatividade dos jovens; aulas são online

Nathália Rabelo Publicado em 21/09/2021, às 16h14

Projeto também vai ter aula de grafite
Projeto também vai ter aula de grafite - Foto: Divulgação

Quem é fã de hip hop, vai gostar dessa notícia! Na próxima quinta-feira (23), será lançado o projeto “Semente das Ruas” com oficinas gratuitas oferecidas por grandes nomes da cultura urbana de Campo Grande. Segundo os representantes, o objetivo é promover a representatividade de jovens e incentivar a cultura hip hop na Capital.

Os participantes vão ter contato com vários tipos de conteúdo, como poesia, música, dança, grafite e reflexão sobre problemas sociais. Na programação serão oferecidas oficinas de breaking com o B-boy Fabinho Iframe, construção de letras e musicalidade com o rapper GF Gahiji, poesia com General R3 e grafite com Marilena Grolli, todos artistas sul-mato-grossenses de renome nacional.

“Todos os oficineiros são profissionais capacitados que saíram do movimento hip hop e que hoje atuam no mercado de trabalho com um bom conceito e com isto mudaram a realidade de suas vidas e de suas famílias”, explica Angela Finger, produtora cultural responsável pelo "Sementes das Ruas".

Ainda segundo a organizadora, as oficinas podem proporcionar vários benefícios. “As oficinas de hip hop promovem a melhoria do ritmo, da flexibilidade, da agilidade, coordenação motora, reduzem o stress, aumentam a autoestima, combatem a depressão, reduzem a obesidade, beneficiam no processo crítico e criativo, na leitura e redação, enriquecem o vocabulário, motivam o hábito da leitura, estimulam a imaginação e o exercício do pensar”, completa.

Breaking com o B-boy Fabinho Iframe (Divulgação)

Oficinas

O conteúdo será dividido em 10 aulas para cada oficina, que estarão disponíveis nas redes sociais do projeto. Será postada uma videoaula de cada segmento por semana.

Mais informações sobre o projeto podem ser encontradas através do perfil @sementedasruas. Você também pode conferir informações sobre as aulas no canal do Youtube.

O projeto foi aprovado no Edital do Fundo Municipal de Investimento Cultural (FMIC) n. 16/2019.

General R3 dá aula sobre poesia (Fotp: Divulgação)

Hip Hop

O hip hop nasceu nas ruas e propõe valorizar a ocupação dos espaços públicos, criando uma identidade cultural. Mais que um gênero musical, é uma cultura popular, que surgiu nas comunidades de origem africana, caribenha e latina, localizadas nos subúrbios de Nova Iorque, em meados da década de 1970, em um contexto urbano violento, onde predominava a criminalidade, os jovens tinham apenas as ruas como forma possível de lazer.

No Brasil, o berço do hip hop é a cidade de São Paulo. Na década de 1980, ocorriam festas e encontros de jovens. Nestas festas, foram formados diversos artistas de renome, como Thaíde, DJ Hum, Rappin Hood e os próprios Racionais MC’s.

Jornal Midiamax