MidiaMAIS

Mesmo depois da fama, confira quais sertanejos não trocam MS por grandes centros

Conhecida por ser uma cidade tranquila, Campo Grande chama a atenção dos famosos que desejam uma vida mais calma

Nathália Rabelo Publicado em 18/07/2021, às 06h00

Munhoz, Maria Cecília e Rodolfo, Loubet e mais
Munhoz, Maria Cecília e Rodolfo, Loubet e mais - Foto: Reprodução/Instagram

Ah Campo Grande...conhecida por ser a Capital com jeitinho do interior, com belos ipês que enfeitam a cidade e dona do pôr do sol mais bonito do mundo. A cidade sul-mato-grossense tem boa fama por ser um lugar tranquilo, perfeito para criar as crianças e longe de muita confusão. São tantas características atrativas, que até mesmo cantores sertanejos famosos deixaram os grandes centros para aproveitar a Cidade Morena.

Todo mundo sabe que Mato Grosso do Sul é considerado o ‘celeiro’ dos principais nomes do sertanejo nacional. Luan Santana, Michel Teló, João Bosco e Vinicius e tantos outros que nasceram aqui e hoje conquistam o mundo. E tem também aqueles artistas conhecidíssimos que, mesmo após a fama, não desgrudam das raízes.

Por isso, o Midiamax trouxe hoje uma seleção de artistas sertanejos que não trocam Campo Grande por nada e vivem compartilhando nas redes sociais sobre a sua rotina aqui.

Jads e Jadson

Vamos começar, então, com a dupla Jads e Jadson, formada pelos irmãos Jads Paulo Alves dos Santos e Jadson Alves dos Santos. Donos de várias músicas que caíram no gosto do brasileiro, como “Jeitinho Carinhoso”, “Zé Trovão”, “Planos Impossíveis” e “Na Riqueza e na Pobreza”.

Considerada a dupla mais sertaneja do país, os irmãos adoram as terras sul-mato-grossenses. O próprio empresário deles confirmou ao Midiamax que os dois músicos moram em Campo Grande e nunca se mudaram daqui. Não é para menos, né? Todo mundo ama CG.

Loubet

O cantor sertanejo Loubet também não esconde que adora aproveitar a vida campo-grandense. Nas redes sociais, o que não faltam são cliques na cidade marcando a localização. Nascido em Belas Vista, tem contato com a música desde a infância e hoje é considerado um dos maiores sertanejos do país. Suas composições também são um sucesso nas plataformas digitais e rádios brasileiras: "Made in Roça", "Muié, Chapéu e Butina", "Mastiga Abelha", "Vaqueiro Apaixonado" e tantas outras.

Maria Cecília e Rodolfo

Os músicos Maria Cecília e Rodolfo, que estouraram no auge do sertanejo universitário, também não escondem que adoram Campo Grande para criar o filho, Pedro. Com direito à água de coco e a passeios em família, o casal sempre compartilha nas redes sociais como é a sua rotina aqui. Apadrinhados por Jorge e Mateus, o primeiro CD promocional da dupla foi lançado em 2008. Desde então, carrega uma legião de fãs ao redor do Brasil com as músicas "Quem Ama Cuida", "Dói Só de Pensar", "Coisas Esotéricas" e "Depois da Briga".

Munhoz 

O Munhoz, da dupla Munhoz e Mariano, também não larga Mato Grosso do Sul. Na sexta-feira (16), inclusive, ele gravou stories recebendo vacina contra Covid-19 na UCDB. Pai da pequena Iiris, Raphael Calux Munhoz Pinheiro (Munhoz) se juntou a Ricardo Mariano Bijos Gomes (Mariano) em 2006. Amigos de infância, eles conquistaram o Brasil com os hits "Camaro Amarelo', "Seu Bombeiro", "Mulherão da Porra", "Copo na Mão" e tantos outros. 

Hoje, Munhoz aposta numa vida mais tranquila para aproveitar o tempo com a filha e o amigos na Capital. 

Story de Munhoz tomando vacina na UCDB - Campo Grande
(Foto: Reprodução/Instagram)

Jornal Midiamax