MidiaMAIS

Fã que Marília Mendonça procurava em Campo Grande veria a cantora em dezembro

Marília Mendonça queria saber quem era a menina que se emocionou em show da Capital; amor de fã foi passado da mãe para a filha

João Ramos Publicado em 24/11/2021, às 10h19

Emanuelly é fã de Marília junto com a mãe, Fabiane, e o amor das duas pela cantora começou antes da fama de Mendonça
Emanuelly é fã de Marília junto com a mãe, Fabiane, e o amor das duas pela cantora começou antes da fama de Mendonça - (Fotos: Reprodução)

Um mistério que, talvez, nunca será revelado. O que Marília Mendonça faria com os fãs que procurou pelo Brasil na época do projeto "Todos os Cantos", pouco antes da pandemia? Fã de Campo Grande procurada pela cantora durante a iniciativa pode nunca ter a resposta para esta pergunta.

Há dois anos, a foto da pequena Emanuelly, moradora da Capital que na época tinha 10 anos, rodou pelo país. Marília queria saber quem era aquela menina fotografada em seu show em Campo Grande, realizado em dezembro de 2018. Na expectativa após ter sido buscada pela sertaneja, Emanuelly esperava encontrá-la agora em dezembro, quando Mendonça retornaria à Capital de MS para uma nova apresentação, após a pandemia.

Imagem usada para divulgação da iniciativa de Marília (Foto: Reprodução)

Infelizmente, os planos foram interrompidos pela morte precoce da cantora, que faleceu em 5 de novembro em um acidente aéreo. Segundo Fabiane Maciel, mãe da menina e também fã de Marília, a equipe não chegou a entrar em contato. "Mas estávamos acreditando que aconteceria algo especial", diz ela ao MidiaMAIS.

"Estávamos na expectativa de poder vê-la de pertinho e tocá-la, mas, infelizmente aconteceu aquela tragédia que até hoje minha ficha não caiu. Não consigo acreditar... pra mim, ainda parece que ela está entre nós. Quando fiquei sabendo que ela estava atrás da Emanuelly, fiquei surpresa, pois estava trabalhando e amigos do trabalho chegaram falando e me perguntando, foi aí que vi o rostinho dela", conta Fabiane.

Emanuelly, então, ao descobrir que Marília queria saber quem ela era, chorou bastante, mas de emoção. "A esperança dela era ver a Marília no dia do show, ela chorou muito, pois queria subir no palco pra tocar em Marília, escalou a grade [em 2018], mas sem sucesso. Para dezembro deste ano, já estava tudo programado para vê-la", relata a mãe.

Emanuelly com a mãe, Fabiane, e o pai. Os três moram em Campo Grande (Foto: Arquivo Pessoal)

De mãe para filha

No sangue? O amor por Marília Mendonça nasceu junto nas duas. Emanuelly e Fabiane conheceram a artista de uma forma inusitada, antes da fama, e a paixão pelo trabalho da cantora se transformou em admiração profunda. "Foi até engraçado como a gente se apaixonou por Marília. Passando nos altos da Afonso Pena, no semáforo, deram o CD dela pra gente. Ainda falamos 'Ah, deve ser esses cantorzinhos', kkkkk", iniciou dizendo.

"Mas aí resolvi colocar para tocar e, de repente, minha filha já começou a cantar as músicas "Meu Cupido" e "Gari". Desde então, não paramos mais de ouvi-la. Todos os shows eu estava presente, tanto dela quanto os de Maiara e Maraisa, sou loucamente apaixonada por Marília", comenta Fabiane ao Jornal Midiamax.

Fabiane é fã de verdade mesmo (Foto: Arquivo Pessoal)

A campo-grandense ainda revela o que mais lhe chamou atenção nas músicas de Marília Mendonça. "A fala sempre encorajando as mulheres a serem o que elas quiserem ser, independente de cor, peso, situação financeira... ela é o máximo de inspiração e não é a toa que arrasta milhões de fãs pelo mundo", pontua, falando da cantora como se ainda estivesse viva. Mas, de certa forma, ainda continua mesmo.

"Marília fez e sempre fará parte de minha história. Hoje ela mora ainda mais em nossos corações. O triste é ver uma mulher tão nova ter sua carreira destruída por uma tragédia desse tipo. É dolorido, penso na mãe, no filho Léo, que era a grande paixão de sua vida. Uma pessoa que estava no top para brilhar cada vez mais", lamenta.

Fabiane conseguiu tirar selfie com Marília em show (Foto: Arquivo Pessoal)

"De repente, tudo isso acaba, mas ela continuará sendo nossa rainha da sofrência. Minha admiração continua. Hoje ouvimos a música dela com aquela angústia, aquela sensação que é tudo mentira e de que ela ainda está entre a gente. Aquela estrelinha hoje brilha lá de cima olhando por nós. #sempreMarilia!!!", finaliza Fabiane.

Tamanha admiração fez Fabiane colocar esta imagem como foto de capa nas redes sociais, no dia da morte da cantora (Foto: Reprodução)

Jornal Midiamax