MidiaMAIS

Com alto índice de abandono, Canecas Solidárias ajudam ONGs de proteção animal em MS

Campanha "Canecas Solidárias" surgiu da colaboração entre empresa e podcast de Campo Grande

Nathália Rabelo Publicado em 22/10/2021, às 09h15

Canecas Solidárias estão à venda no Estado
Canecas Solidárias estão à venda no Estado - Foto: Arquivo Pessoal

Não é de hoje que o abandono animal é um problema social e de saúde pública que assola o Estado de Mato Grosso do Sul, afetando toda a sociedade e ocasionando, principalmente, proliferação de zoonoses. Além de ser crime, o abandono fere a legislação em defesa dos animais. Assim, para ajudar as ONGs responsáveis por resgatar e cuidar dos bichinhos que estão em situação de rua, a campanha "Canecas Solidárias" foi criada a fim de destinar a renda às instituições sul-mato-grossenses.

A ação foi divulgada na quinta-feira (21) e já conquistou vários fãs pela região. A ideia surgiu por meio de uma colaboração entre empresa especializada em personalização de canecas, a Unicanecas MS, e o Podcast Pet & News, ambos de Campo Grande. Parte do lucro da venda das Canecas Solidárias será destinado às ONGs que fazem resgate, proteção e adoção de animais. O dinheiro será usado para quitar dívidas, ajudar nas despesas e manter os trabalhos em funcionamento.

A ideia partiu do jornalista e empresário Rafael Domingos e da médica veterinária Paula Carrijo, ambos apaixonados por animais. Eles criaram o podcast sobre o mundo pet em Mato Grosso do Sul e, juntos, encabeçaram a campanha de arrecadação.

[Colocar ALT]
Canecas são personalizadas com mensagens sobre animais (Foto: Arquivo Pessoal)

“Pelo fato de estarmos chegando na reta final de mais um ano e por saber que as doações para ONGs de proteção animal tendem a dar uma diminuída, fizemos uma parceria com a empresa de canecas personalizadas e criamos a campanha”, explicou Rafael.

A primeira instituição escolhida para receber a doação é a ONG Abrigo dos Bichos, que funciona na capital. O local foi assaltado recentemente, contabilizando maior prejuízo às despesas da instituição.

“Estamos precisando quitar as clínicas e agora, para piorar, os vândalos nos deram um prejuízo de R$ 26.000,00. Levaram toda a fiação de cobre e todo o resto, não deixaram nem a torneira plástica que tinha no tanque. Saquearam a casa e pior, quebraram por maldade”, lamenta a presidente da ONG, Maria Lúcia Matello.

Atualmente, a instituição ainda tem oito animais para doação que foram para um lar temporário. “Precisamos doá-los com urgência, mas alguns têm leishmaniose e isto está atrapalhando devido ao preconceito”, finaliza Matello. 

Como comprar as Canecas Solidárias

Interessados em aderir à campanha das Canecas Solidárias e ajudar as ONGs de proteção animal do Estado, podem entrar em contato e pedir o produto pelo WhatsApp (67) 9 9137-2741 ou pelo Instagram @unicanecasms. As canecas custam R$ 29,90. 

As entregas serão feitas na cidade de Campo Grande. Compradores de fora deverão arcar com o custo do frete.

Animais não são descartáveis 

Com a chegada do fim do ano, os olhares da sociedade se voltam ao “Dezembro Verde”, campanha que chama a atenção sobre o aumento de casos de abandono de animais.

Segundo a prefeitura de Campo Grande, o abandono de animais ainda é um problema recorrente. Muitas pessoas abandonam seus animais nas ruas, em locais afastados, estradas e até trancados dentro de casa sem alimento, água suficiente ou pessoas para cuidar deles enquanto saem para viagens de férias.

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) da cidade recebe, em média, de 200 a 500 animais por mês.

Jornal Midiamax