MidiaMAIS

Campeão mundial, cowboy de Ribas do Rio Pardo ganha primeira biografia

José Vitor Leme Batista é um cowboy reconhecido mundialmente que hoje conquista novos horizontes nos Estados Unidos. Mas foi em Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande, que a paixão pela montaria nasceu. Sempre envolvido em diversos esportes, começou a montar em bezerro aos 8 anos como uma brincadeira. Agora, aos 24 […]

Nathália Rabelo Publicado em 25/03/2021, às 13h27 - Atualizado às 13h32

None
Profissional de bull rider de MS (Reprodução/Instagram)

José Vitor Leme Batista é um cowboy reconhecido mundialmente que hoje conquista novos horizontes nos Estados Unidos. Mas foi em Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande, que a paixão pela montaria nasceu. Sempre envolvido em diversos esportes, começou a montar em bezerro aos 8 anos como uma brincadeira. Agora, aos 24 anos, ele leva o nome da cidade sul-mato-grossense aos pódios internacionais de bull rider – montaria em touro – e ganha sua primeira biografia, uma homenagem aos anos de dedicação ao esporte.

O pai montava em touro, enquanto a mãe laçava. Foi nesse cenário que José Vitor cresceu agregando para si, de pouco a pouco, o amor pela montaria. Ele contou ao MidiaMais que por muitos anos se dedicou ao futebol para jogar profissionalmente. Enquanto estava em São Paulo para compromissos relacionados ao esporte, José visitou um treino de montaria. E foi a partir desse momento que tudo mudou.

José Vitor montava desde criança (Foto: Arquivo Pessoal)
José Vitor montava em bezerro desde criança (Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu resolvi ir em um treino de touros com alguns amigos e me deu vontade de montar. Então montei e resolvi desistir do futebol e passei a treinar muito em touro”, comentou o profissional de bull rider. Desde então, entrou em vários torneios, como o Circuito Rancho Primavera, onde ficou conhecido no esporte, na Equipe Roseta e, por fim, na PBR Brasil (Profissional Bull Rider) quando se consagrou campeão em 2017.

“Com este importante título consegui uma vaga para participar do Velocity Tour, nos Estados Unidos. Graças a Deus obtive êxito e estou feliz e focos nos meus resultados por aqui”, contou o profissional. José Vitor se mudou para Decatur, cidade localizada no Texas norte-americano, em 2020 para correr atrás do sonho de ser campeão mundial na modalidade.

Silvia Pereira Leme, mãe do jovem, recorda que ficou preocupada com o filho quando ele anunciou que seria profissional de bull rider, justamente por ser um esporte muito radical. Mas as conquistas do rapaz foram suficientes para que toda a família ficasse feliz.

“Dá muito orgulho em saber que a história dele servirá de exemplo para tantas pessoas. Porque o tema é para servir de inspiração para quem tem sonhos nunca desistir”, disse Silvia emocionada sobre a biografia do filho.

Vitinho: breve história do cowboy que conquistou o mundo

Você já conhece o José Vitor, sua história e seus sonhos. Mas afinal, quem é o responsável por investir em uma biografia do atleta que está fazendo sucesso no mundo da montaria? Essa honra é de Aparecido de Souza, mestre em Educação e professor de história na Rede Estadual de Mato Grosso do Sul.

Visando levar a história para mais pessoas, inspirá-las e contribuir com a divulgação do trabalho do atleta, Aparecido contou que tem esperança de despertar no leitor o desejo de lutar pelos seus sonhos. Além disso, o livro biográfico é uma homenagem a tudo que José Vitor já construiu até aqui.

Decidi me aventurar na escrita da biografia inspirado por alguns fatores. Primeiramente, para homenageá-lo, uma vez que é louvável o seu sucesso e a relevância de suas conquistas para o Brasil, para o Estado e principalmente para nós riopardenses”, disse o professor.

Atleta é sucesso nas competições internacionais (Reprodução/Instagram)
Atleta é sucesso nas competições internacionais (Reprodução/Instagram)

Aparecido contou ao MidiaMais que começou a reunir dados, entrevistas e informações sobre a história do peão em abril de 2020, mas que a escrita da obra foi iniciada em junho. No livro, ele contextualiza a origem do rodeio, apresenta o sucesso do esporte nos Estados Unidos, como ele chegou ao Brasil e porque Barretos (SP) ostenta o título de melhor rodeio da América Latina. Mas não acaba por aí.

“Depois desses detalhes, o leitor poderá conhecer a conexão dos seus avós e pais [de José Vitor] na lida do universo do rodeio e do laço comprido, bem como seus primeiros anos de vida; suas travessuras de infância e adolescência; as passagens meteóricas em outros esportes; os fatores decisivos para a escolha da profissão; os principais desafios de início de carreira e as conquistas que o tornaram um ícone do esporte e os bastidores do título de melhor cowboy do mundo em 2020”, contou o escritor.

Na reta final para sua publicação, “Vitinho: breve história do cowboy que conquistou o mundo” será lançado em abril pela Editora Life, sem data prevista no momento. Para José Vitor, receber essa homenagem é uma honra. “É muito gratificante, estou feliz por isso. O professor Cido não mediu esforços de ir atrás da minha história. Isso não tem preço só tenho a agradecer”, finalizou o profissional de bull rider.

Jornal Midiamax