MidiaMAIS

Dia da Mulher é comemorado com shows de Delinha e Grupo Acaba

O Dia Internacional da Mulher é comemorado com dois grandes nomes da música regional sul-mato-grossense, a cantora Delinha e o Grupo Acaba. Eles se apresentam neste domingo (8), a partir das 17 horas, na rua 14 de Julho. Além de shows, o evento ainda conta com food trucks e feira de pets. “É uma grande […]

Mylena Rocha Publicado em 08/03/2020, às 11h25 - Atualizado às 11h29

Foto: Juliana Almeida/Divulgação PMCG
Foto: Juliana Almeida/Divulgação PMCG - Foto: Juliana Almeida/Divulgação PMCG

O Dia Internacional da Mulher é comemorado com dois grandes nomes da música regional sul-mato-grossense, a cantora Delinha e o Grupo Acaba. Eles se apresentam neste domingo (8), a partir das 17 horas, na rua 14 de Julho. Além de shows, o evento ainda conta com food trucks e feira de pets.

“É uma grande honra receber estes grandes nomes da música do nosso Estado em um dia tão especial, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher. Com o Reviva Cultura, a Rua 14 de Julho e o Centro de Campo Grande estão ganhando vida novamente”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.

A secretária de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro, destaca a estrutura montada para o evento, que tem atraído a atenção do campo-grandense. “São mais de 15 food trucks ocupando a via para trazer ainda mais variedade a esse evento, que vem encantando a nossa cidade, com passagem de pelo menos 8 mil pessoas por dia de festa”, pontua Melissa Tamaciro.

A dama do rasqueado, Delinha, conta que fará uma homenagem às mulheres da Capital. “Estou muito feliz e muito privilegiada em poder cantar mais uma vez na Rua 14 de Julho. Na primeira oportunidade, toquei num dia muito especial para Campo Grande, na reinauguração da via, e agora terei a grata alegria de fazer um som tradicional para as mulheres”, finaliza.

O músico Moacir Lacerda, integrante e porta voz do Grupo Acaba, destaca a alegria de participar do evento. “A Rua 14 de Julho permeia a história social e política de Campo Grande e Mato Grosso do Sul. Então, para nós, é uma grande honra poder participar do Reviva Cultura, com canções especiais para as mulheres”, discorre.

Moacir ressalta que o Grupo Acaba conta com 54 anos de história e praticamente nasceu em Campo Grande, dos movimentos estudantis no ano de 1968, com a proposta de levantar a Cultura regional. “Temos um papel relevante no registro do nosso folclore, associado com a história da cidade”, acrescentou.

O Reviva Cultura começa às 17h na rua 14 de Julho, entre a Avenida Afonso Pena e a Mato Grosso.

Jornal Midiamax