MidiaMAIS

Vanessa da Mata divulga foto de biquíni e afirma: ‘mostrar bumbum é um ato político’

A cantora Vanessa da Mata deu o que falar após divulgar uma foto de biquíni no Instagram. Milhares de fãs curtiram a publicação e acabaram pedindo mais fotos com pouca roupa. Diante da repercussão, Vanessa disse, em entrevista ao Extra, que prefere as roupas longas, mas mostrar o bumbum nas redes é um ato político. […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 05/02/2019, às 18h11

Foto: Reprodução / Instagram
Foto: Reprodução / Instagram - Foto: Reprodução / Instagram

A cantora Vanessa da Mata deu o que falar após divulgar uma foto de biquíni no Instagram. Milhares de fãs curtiram a publicação e acabaram pedindo mais fotos com pouca roupa. Diante da repercussão, Vanessa disse, em entrevista ao Extra, que prefere as roupas longas, mas mostrar o bumbum nas redes é um ato político.

Primeira vez que alcançou mais de 100 mil curtidas no Instagram, a artista revelou que publicar uma foto com o bumbum de fora foi uma atitude adulta e pensada.

“Acho que foi a primeira vez que uma foto minha alcançou mais de 100 mil curtidas no Instagram. Durante muito tempo me isolei e fiquei no meu cantinho, mas a segurança veio com a idade. Acho que temos que parar com essas amarras. Quando resolvi postar a foto de biquíni, pensei: ‘Sou adulta, tenho o meu corpo e mostro ele se eu quiser e ninguém tem direito de tocar. Só ainda não consigo ‘dirigir’ bem uma minissaia. Para roupas, prefiro os longos me sinto mais livre. Mostrar o bumbum nas redes é um ato político”, contou ao noticiário.

Ainda conforme o portal, Vanessa da Mata, atualmente com 42 anos, contou que seus amigos incentivaram a fazer outras fotos.

“Tenho amigos mais velhos e eles são maravilhosos. Sempre com ótimas histórias para contar. Todo mundo adorou as fotos. Esse lance da idade tem começado a mudar. E o respeito com o corpo do outro também. Mesmo que ainda sejamos o país com um índice elevadíssimo de estupro. Penso da seguinte forma, se uma mulher sair de topless no carnaval ou se um homem sair de tanguinha ninguém tem o direito de botar a mão e ponto.”

Jornal Midiamax