MidiaMAIS

Sobreviventes da Chape foram ao velório de Rafael Henzel

O jornalista Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo envolvendo o elenco da Chapecoense, chegou a marcar dois gols antes morrer após sofrer uma parada cardiorrespiratória durante o futebol com os amigos, na noite desta terça-feira (26), em Chapecó. Henzel havia passado uma temporada na Europa para divulgar o filme sobre a Chapecoense […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 27/03/2019, às 15h29 - Atualizado às 16h45

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal - Foto: Arquivo Pessoal

O jornalista Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo envolvendo o elenco da Chapecoense, chegou a marcar dois gols antes morrer após sofrer uma parada cardiorrespiratória durante o futebol com os amigos, na noite desta terça-feira (26), em Chapecó.

Henzel havia passado uma temporada na Europa para divulgar o filme sobre a Chapecoense e estava ansioso para jogar o tradicional futebol de terça-feira com os colegas. As revelações foram feitas durante o programa “Som e Café News”, da Rádio Oeste Capital FM, da qual o radialista também fazia parte.

“Ele saiu às 19h do programa “Golaço” direto para o futebol, aquele tradicional de terça-feira. Ele sempre vinha aqui na quarta-feira e dizer “meti gol”. Ontem (terça), ele fez dois gols”, disse o colega de bancada Mateus Montemezzo.

O radialista continuou explicando, ao vivo, que Henzel era ativo entre os companheiros de esporte e que o infarto pegou todos de surpresa.

“O Rafa era um dos mais jovens, conseguia voar, corria mais que o pessoal. Saiu da rádio e foi direto jogar futebol. Na sequência, ele teve essa parada cardiorespiratória, recebeu atendimento do SAMU e levado ao hospital.”

Velório

O velório do jornalista foi marcado por forte emoção no final da manhã desta quarta-feira (27). Conforme divulgado pelo Globo Esporte, os jogadores sobreviventes do trágico voo Neto, Alan Ruschel e Jakson Follmann estiveram presentes na despedida, mas não deram entrevistas.

Sobreviventes da Chape foram ao velório de Rafael Henzel
Foto: Dinho Zanotto/Arquivo pessoal

Ainda de acordo com o noticiário, o trio não segurou a emoção e tentou consolar Jussara, viúva de Henzel. Em um dos momentos de maior emoção, uma narração do jornalista levou muitos às lágrimas, inclusive os sobreviventes.

Ruschel, ainda segundo o GE, estava com o elenco da Chapecoense concentrado para o jogo desta quarta-feira, diante do Criciúma, pela Copa do Brasil, mas foi liberado para ir ao velório.

Jornal Midiamax