MidiaMAIS

Rumos Itaú Cultural anuncia selecionados e Alzira Espíndola é tema de um dos projetos

Alzira Espíndola é tema de um dos três projetos que afetam Mato Grosso do Sul selecionados pelo edital Rumo Itaú Cultural.

Tatiana Marin Publicado em 29/05/2018, às 19h07

Alzira Espíndola é tema de um dos projetos selecionados pelo Rumos Itaú Cultural 2018. (Reprodução)
Alzira Espíndola é tema de um dos projetos selecionados pelo Rumos Itaú Cultural 2018. (Reprodução) - Alzira Espíndola é tema de um dos projetos selecionados pelo Rumos Itaú Cultural 2018. (Reprodução)

O Itaú Cultural divulgou no último domingo (27) os projetos selecionados no Rumos 2018. Dos 109 projetos escolhidos, 3 deles afetam o Mato Grosso do Sul, sendo um sobre a cantora e compositora Alzira Espíndola e os outros dois abordam questões indígenas. 

Apesar de ser um projeto de São Paulo, o projeto de documentário “Alzira E – Aquilo que eu nunca perdi” de Marina da Costa Thomé fala sobre a trajetória da cantora e compositora sul-mato-grossense de 60 anos. A produção audiovisual vai contar com depoimentos de Alzira Espíndola e seus parceiros musicais. 

O projeto de documentário “Quem conta a minha história?” de Daniela Valle de Loro aborda questões indígenas. O trabalho pretende preservar memórias coletivas da Reserva Indígena de Dourados. Para isso, o projeto vai se valer de métodos e acompanhamento para instigar estudantes com idade entre 11 e 18 anos e professores Guarani, Kaiowá e Terena, a criar e explorar coleções materiais e imateriais.

Já o projeto “Te’e | Descendentes” de Paulo Sérgio da Silva (Paulo Nazareth) é de Minas Gerais e tem a proposta de publicar dois livros com a síntese científica, artística e política de um trabalho investigativo que vem sendo realizado em parceria desde 2012 entre o artista Paulo Nazareth, a pesquisadora Luciana de Oliveira e os intelectuais e lideranças políticas Kaiowá Valdomiro Flores, Tereza Marília Flores, Juliana Fernandes, Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira e Daniel Lemes Vasques.

Rumos Itaú Cultural

O Rumos Itaú Cultural é um edital de fomento cultural diferenciado, isso porque ele não simplesmente patrocina os projetos contemplados, mas disponibiliza um produtor para mediar e orientar o processo de elaboração e execução do produto final.

Segundo a organização do Rumos, em 2018 , 12.616 projetos foram inscritos para edital. No total, serão distribuidos R$ 15,5 milhões entre os 109 selecionados.


Fale MAIS!

O que você gostaria de ver no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.

Siga a gente no Instagram: @midia_mais_ 

Jornal Midiamax