MidiaMAIS

Com críticas sociais e políticas, Beija-flor é campeã e Tuiuti é vice do carnaval no Rio

Império Serrano e Grande Rio foram rebaixadas

Tatiana Marin Publicado em 14/02/2018, às 19h12

None

Império Serrano e Grande Rio foram rebaixadas

A Beija-Flor conquistou seu 15º título no Grupo Especdial do Carnaval do Rio de Janeiro. A Paraíso do Tuiuti ficou com o segundo lugar. As rebaixadas neste ano foram a Império Serrano e a Grande Rio, que receberam penalizações. A apuração aconteceu na tarde desta quarta-feira (14) no Rio de Janeiro.

A Beija-Flor, com seu azul e branco, levou para a Sapucaí uma pesada crítica social com o enredo “Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu” misturando a história da obra “Frankenstein”, de Mary Shelley, com a realidade do nosso país.

Com o enredo “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?”, a Paraíso do Tuiuti, do carnavalesco Jack Vasconcelos trouxe críticas a reforma trabalhista em seu desfile. No último carro, um componente viveu um “presidente vampiro” do neoliberalismo, em referência ao presidente Michel Temer.

Com críticas sociais e políticas, Beija-flor é campeã e Tuiuti é vice do carnaval no Rio

A Império Serrano foi penalizada com 0,2 ponto por ter terminado o desfile antes do tempo. Já a Grande Rio foi penalizada com 0,5 ponto por ter estourado o tempo.

Jornal Midiamax