MidiaMAIS

Dezenas de cidades recebem peças do Circuito de Teatro, a partir desta quarta

Evento começa com peça 'Cadê'

Daiane Libero Publicado em 13/09/2016, às 11h23

None
testroo23223.jpg

Evento começa com peça 'Cadê'

Dezenas de cidades recebem peças do Circuito de Teatro, a partir desta quartaO Circuito Sul-Mato-Grossense de Teatro – temporada 2016 traz de 14 a 17 de setembro, para as cidades de Nova Alvorada do Sul, Ivinhema, Jateí e Dourados, o espetáculo “Cadê?”, do Grupo Teatral Aplausos. 

Serão várias apresentações teatrais gratuitas em espaços alternativos, ruas e praças de 48 cidades do interior do Mato Grosso do Sul. No dia 14, o Grupo Teatral Aplausos começa em Nova Alvorada do Sul, na Câmara Municipal dos Vereadores, às 15h. No dia 15, Ivinhema prepara o Teatro de Bolso da Usina de Luz, às 19h30. Já no próximo dia (16), Jateí, também as 19h30, no Centro Cultural Municipal. Fechando este ciclo, Dourados abre as portas do Clube Indaiá, às 17h.

A peça "Cadê" resgata brincadeiras de um tempo de criança como esconde-esconde, pega-pega, pula corda, baombolê, peão e outras tantas. “Nosso espetáculo é 90 % de participação do público e 10% apenas do nosso trabalho. Nós o consideramos como o quarto ator em cena”, contou Douglas Queiroz, que interpreta o palhaço Xico, que ao lado de Gláucia Pires, que faz a personagem Coisinha e Thathy DMeo, a palhaça Zureta. O espetáculo foi desenvolvido a partir da investigação da arte do palhaço na cena teatral. 

De acordo com o coordenador do Núcleo de Teatro da Fundação de Cultura, Márcio Veiga, o projeto já passou por 60 cidades e contemplou um público aproximado de 85 mil pessoas.

Ao todo 42 grupos teatrais encantaram os participantes em 275 apresentações. “O Circuito possibilitou uma melhor visualização do que é produzido no Estado, já que muitas peças não são vistas no interior por falta de espaços. O projeto aproxima o espetáculo da plateia”, explica.

SERVIÇO – A entrada para todos os espetáculos é franca. Outras informações no Núcleo de Teatro da Fundação de Cultura, que fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, quarto andar, no Centro, ou pelos telefones (67) 3316-9172 ou 3316-9173.

Jornal Midiamax