MidiaMAIS

Música, fadas e aventuras vão encantar crianças em peça infantil neste fim de semana

Tendo como pano de fundo a realização de um trabalho escolar, a peça infantil “Histórias do Meu Quintal”, contemplada pelo Prêmio Rubens Corrêa de Teatro, brinca com o jogo do faz de conta. Como na vida, a criança passa por várias etapas do teatro: é a personagem que ela quer, o cenário que escolhe, o […]

Arquivo Publicado em 04/06/2014, às 18h44

None
2057576071.jpg

Tendo como pano de fundo a realização de um trabalho escolar, a peça infantil “Histórias do Meu Quintal”, contemplada pelo Prêmio Rubens Corrêa de Teatro, brinca com o jogo do faz de conta. Como na vida, a criança passa por várias etapas do teatro: é a personagem que ela quer, o cenário que escolhe, o figurino que improvisa, ou imagina, assim é a história da nova produção do grupo teatral Unicórnio.

O pretexto é buscar material para um trabalho escolar que acaba resultando em momentos incríveis com os amigos Téo e Nino dando asas a imaginação, transformando objetos e viajando pelos contos de fadas, com muita música e aventuras quixotescas.

Fadatrapa é uma aprendiz de Fada que de vez em quando erra feio, fazendo muitas trapalhadas com sua varinha de condão; Bruxelvis, um bruxo que gosta de Rock e está a procura de um certo sapo encantado para fazê-lo voltar a ser um príncipe novamente; Sapotric é o sapo encantado que se acostumou com a vida nos brejos, longe dos palácios e já não quer voltar à vida principesca; Dom Quixote, o personagem famoso, passa pela nossa história em busca de sua amada Dulcinéia.

O texto e direção são de Jair de Oliveira e o elenco é composto por Amélia Rocha, Cadu de Paula, Wilson de Faria, Marcos Jhonatan, Breno Lucas, Luan Falcão e Luana Vilela.

As encenações acontecem neste sábado (7), às 17 horas e no domingo (8), às 10h30 e 17 horas no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A classificação é livre e a apresentação tem duração aproximada de 50 minutos.

Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A meia-entrada é valida para crianças até 12 anos, estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.

O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na Rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795.

Jornal Midiamax