Geral

Fiscais federais agropecuários suspendem greve em MS

Também foi proposto o reajuste de benefícios 

Diego Alves Publicado em 06/10/2015, às 23h36

None
fiscalizacao_federal001.jpg

Também foi proposto o reajuste de benefícios 

Fiscais Federais Agropecuários de Mato Grosso do Sul suspenderam a greve, mesmo sem nenhuma proposta concreta por parte da Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão chegou a apresentar na última quinta-feira passada, uma proposta de reestruturação de tabelas remuneratórias em 10,8%, sendo: 5,5% em 1º de agosto de 2016 e 5,0% em 1º de janeiro de 2017.

Também foi proposto o reajuste de benefícios a partir de 1º janeiro de 2016 e a alteração da nomenclatura do cargo atual, para Auditor Fiscal Federal Agropecuário.

Diante da proposta do Ministério do Planejamento e dos apelos da Frente Parlamentar da Agropecuária, o sindicato nacional imediatamente convocou uma assembleia geral nas Delegacias Sindicais de todas as Unidades da Federação, que foi realizada na última sexta-feira para analisar, discutir e deliberar sobre a manutenção ou suspensão da greve.

O resultado da assembleia nacional divulgado ontem sinalizou à suspensão temporária da greve, com a manutenção do estado de mobilização devido à pauta administrativa que ainda é pleiteada junto ao MAPA e encontra-se pendente de resolução.

Jornal Midiamax