Geral

Willian nega acerto entre Cruzeiro e Metalist, mas crê em final feliz

A situação de Willian com o Cruzeiro segue indefinida. Ao contrário do que noticiou a imprensa ucraniana na última sexta-feira, o atacante nega que o Metalist tenha aceitado a proposta celeste e informou a primeira oferta foi recusada. Porém, ele vê evolução nas tratativas e segue confiante em um desfecho positivo. “O que tenho recebido […]

Arquivo Publicado em 09/06/2014, às 01h21

None

A situação de Willian com o Cruzeiro segue indefinida. Ao contrário do que noticiou a imprensa ucraniana na última sexta-feira, o atacante nega que o Metalist tenha aceitado a proposta celeste e informou a primeira oferta foi recusada. Porém, ele vê evolução nas tratativas e segue confiante em um desfecho positivo.


“O que tenho recebido de notícia dos empresários é que as coisas deram uma evoluída, eles estão sendo mais flexíveis. Acho que a primeira oferta, pelo que eles falam, é normal recusarem como aconteceu”, disse Willian, em entrevista a Rádio Itatiaia.


Entre Willian e Cruzeiro já está tudo acertado. O atacante tem um pré-contrato firmado com a diretoria celeste que o garante no time celeste desde que os mineiros cheguem a um acordo com os ucranianos.


A dificuldade se deve à crise política vivida pela Ucrânia, com conflitos violentos entre governo e rebeldes separatistas. “Meus empresários, com cautela, estão sabendo negociar. Porque a gente sabe que com toda essa crise que estão tendo lá não está tendo essa facilidade para conversar com o presidente diretamente, tem que passar por intermediários e isso dificulta um pouco”, contou.


O Cruzeiro fez uma proposta próxima dos 4 milhões de euros fixado em contrato com um pagamento parcelado, que não teria agradado os ucranianos. Mas os dirigentes entendem que com a proximidade do fim do contrato eles podem acabar cedendo. Os empresários do jogador também estão ‘pressionado’ o clube europeu.


No entanto, ao contrário do que a imprensa ucraniana divulgou, o jogador garante que ainda não tem nenhum acerto. “Estão saindo muitas coisas na internet falando que está tudo certo, que vou ficar, mas não tem nada certo. Quero aproveitar para falar que não tem nada concretizado”, afirmou.


“Quando isso acontecer eu vou ser o primeiro a saber juntamente com o Alexandre Mattos, o presidente, os meus empresários e aí sim a gente vai divulgar com maior alegria, com maior felicidade, para todos que querem a minha permanência. Estou na expectativa também para tudo ocorrer bem e isso resolver o mais rápido possível para poder continuar no Cruzeiro”, acrescentou.


O esforço dos dirigentes para ficar com Willian e desembolsar uma quantia considerada elevada por um jogador de 27 anos é pela rápida identificação que o atacante teve com o clube. Além de ser considerado peça fundamental no elenco, o atacante é um dos mais queridos pelo torcedor cruzeirense.

Jornal Midiamax