Geral

Secretário americano pede para China liberar o acesso à internet

O secretário de estado americano, John Kerry, disse que o governo chinês deve abrir mais espaço para liberdade de internet e prometeu investigar se empresas de tecnologia dos Estados Unidos ajudam Pequim na restrição da população à rede mundial de computadores. Segundo a agência de notícias Associated Press, Kerry se reuniu com blogueiros chineses durante […]

Arquivo Publicado em 15/02/2014, às 13h54

None

O secretário de estado americano, John Kerry, disse que o governo chinês deve abrir mais espaço para liberdade de internet e prometeu investigar se empresas de tecnologia dos Estados Unidos ajudam Pequim na restrição da população à rede mundial de computadores. Segundo a agência de notícias Associated Press, Kerry se reuniu com blogueiros chineses durante 40 minutos.

O blogueiro Zhang Jialong solicitou que Kerry ajudasse os chineses que “buscam por liberdade” e a derrubar “o grande firewall de internet”, parafraseando a famosa do ex-presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, pedindo aos russos para derrubar o muro de Berlim. Jialong ainda afirmou que empresas americanas estavam ajudando o governo chinês a bloquear o acesso à internet e às redes sociais.

John Kerry afirmou ser a primeira que ouviu essas acusações e confirmou que começaria as investigações. Antes da reunião com os blogueiros, Kerry se reuniu com o presidente chinês Xi Jinping, para discutir o principal tema de sua visita, o apoio de Beijing no desarmamento nuclear da Coreia do Norte.

Jornal Midiamax