Geral

“Era um sofrimento”, diz Zilu sobre separação de Zezé

Em entrevista ao programa Domingo Show, na tarde deste domingo (8), Zilu Camargo, 53 anos, ex-mulher do sertanejo Zezé di Camargo, falou sobre sua separação após 30 anos de casamento – eles estão em separação de corpos desde julho de 2012, mas só oficializaram a situação no início do último mês de maio – e […]

Arquivo Publicado em 08/06/2014, às 23h35

None

Em entrevista ao programa Domingo Show, na tarde deste domingo (8), Zilu Camargo, 53 anos, ex-mulher do sertanejo Zezé di Camargo, falou sobre sua separação após 30 anos de casamento – eles estão em separação de corpos desde julho de 2012, mas só oficializaram a situação no início do último mês de maio – e a atual fase de sua vida pessoal, com o novo namorado, o também sertanejo Zé Henrique, 39 anos.


“Foram 30 anos de casamento muito bem casados, fui feliz, tenho hoje uma família linda. Casei muito nova, mas em momento algum me arrependi. Os caminhos são diferentes, as pessoas são diferentes. Foi lindo, aconteceu, mas acabou. Tudo o que eu busco é para sempre. Eu casei e foi uma coisa boa, mas eu percebi que nem tudo é para sempre”, disse. “Praticamente três anos de dor. Era um sofrimento, mas um sofrimento que sabia que tinha que superar. Nesses três anos apareceram paquerinhas, mas acreditava ainda na recuperação do meu casamento. Lutei pela família, fechei os olhos e segui em frente”, falou ainda.


Sobre as possíveis traições do então marido Zezé di Camargo, ela disse que não acredita em tudo o que lê, justamente porque existe muita especulação e rumores no mundo dos famosos, por isso só acredita no que vê de fato. “Não tenho nenhuma mágoa de Zezé. De todo o coração. Ele é uma pessoa do bem”.


Sobre sua nova fase e o namoro com Zé Henrique, Zilu afirmou: “hoje eu me sinto uma pessoa muito feliz. Não vivo de passado. Sempre olho para frente. E isso me trouxe uma grande força. Sou realizada como mãe, como avó. Sou uma pessoa feliz”. Por fim, ela ainda explicou como conheceu a atual paixão, após o convite de uma amiga para um show: “ela disse ‘hoje você vai’. Até tentei sair fora. Fui e conheci. Teve uma troca de olhares. Aquela coisa de coração acelerado. Depois ele me ligou e agradeceu pela ida ao show. Começamos a nos falar pelo whatsapp. Depois, marcamos para nos encontrarmos. São 14 anos de diferença, mas não estou preocupada com isso”.

Jornal Midiamax